Queda de cabelo? Entenda as causas e os principais tratamentos

Números da Associação Brasileira de Cirurgia de Restauração Capilar mostram que a queda de cabelo acomete cerca de 25% das mulheres brasileiras entre 35 e 40 anos e 50% delas com mais de 40 anos. A Sociedade Internacional de Cirurgia de Restauração de Cabelo, por sua vez, aponta que 40% dos homens sofrem com a queda de cabelo antes dos 35 anos.

A alopecia, seja ela feminina ou masculina, aponta que há algo acontecendo no organismo e pode ser causada por diversos fatores. Vamos contar um pouco mais sobre as principais causas da perda de cabelo em homens e mulheres e quais são os tratamentos existentes.

Foto: Reprodução pixabay.com

Queda de cabelo: como ocorre e o que fazer para contornar o problema

O cabelo é uma das peças principais do complexo quebra-cabeças que é a autoestima humana. A Sociedade Brasileira do Cabelo (SBC) mostra que metade das mulheres apresentam alguma queixa sobre queda de cabelos, por exemplo. A perda de aproximadamente 100 fios de cabelo ao dia é considerada normal, mas quando o travesseiro ou o ralo do chuveiro ficam cobertos de fios que se desprenderam da cabeça, pode haver algo de errado.

Estresse

O estresse causa diversas reações colaterais no corpo humano, e uma das mais comuns é a queda dos fios. Buscar uma rotina mais equilibrada, com horas adequadas de descanso, alimentação mais saudável e a prática de exercícios são ações que podem reduzir o problema, e, consequentemente, a queda dos fios. Em quadros mais graves de estresse ocorre a alopecia areata, em que o sistema imunológico ataca o folículo piloso e deixa clareiras no couro cabeludo.

Parto

Após o parto, por conta das alterações hormonais do organismo, pode haver um aumento na perda diária de fios. Esse quadro não é incomum, e costuma ser revertido naturalmente após poucos meses.

Alterações na tireoide

Tanto o hipertireoidismo quanto o hipotireoidismo podem causar rareamento dos fios. No primeiro, o ciclo do fio se acelera muito, deixando falhas no couro cabeludo. No segundo, há um atraso no desenvolvimento dos cabelos, o que também causa rareamento.

Cistos no ovário

Mulheres que sofrem com a formação de cistos nos ovários contam com taxas mais altas de testosterona no organismo, o que estimula a queda dos fios.

Anemia

A deficiência de ferro no organismo causa diversos sintomas, como o cansaço, palidez, fraqueza e, sim, queda de cabelos.

Nicotina

O tabagismo traz diversos malefícios ao organismo – e isso não é novidade. Soma-se à extensa lista de problemas causados pelo cigarro a queda de cabelos. Diversos estudos mostram que as substâncias tóxicas presentes no cigarro vão se acumulando ao longo dos anos e degenerando os vasos sanguíneos que alimentam o couro cabeludo, causando o enfraquecimento dos fios.

Diversas outras enfermidades e alterações podem levar à perda dos fios. Por isso, ao notar uma perda de cabelos acima do que seria considerado normal, é essencial buscar ajuda especializada e evitar soluções caseiras, que podem não surtir nenhum efeito ou até mesmo piorar a situação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo