Hospital da Unimed busca acreditação JCI

Hospital Dr. Miguel Soeiro / Unimed Sorocaba – Foto: Divulgação

Inaugurado em janeiro de 1996, o Hospital Dr. Miguel Soeiro – Unimed Sorocaba é uma instituição voltada para diagnóstico e terapia, equipado para cirurgias de pequena, média e alta complexidades, possuindo centros obstétrico, de transplante e hemodinâmica, além de atendimento emergencial e UTIs para adultos e crianças. Detentor de diversos certificados de qualidade, a instituição está em busca agora do selo de acreditação da Joint Commission International (JCI). Essa conquista pode levar o hospital da Unimed Sorocaba a ser a primeira unidade do Sistema Unimed a alcançar o patamar de qualidade e segurança internacional em saúde, com o selo dourado da JCI.

Entrevistamos o presidente da Unimed Sorocaba, Dr. José Francisco Moron Morad, para saber como está a preparação para essa conquista e o que ela representa. Acompanhe!

O que levou à gestão do Hospital a buscar o selo de acreditação da JCI? 

O Hospital Dr. Miguel Villa Nova Soeiro – Unimed Sorocaba tem uma longa trajetória na busca da qualidade e segurança do paciente. Mesmo assim, a busca incessante por prestarmos nossos serviços cada vez melhor não para; temos como objetivo estratégico sermos acreditados pela JCI até dezembro de 2019, norma que reconhecidamente tem os mais exigentes padrões centrados na segurança do paciente.

Como está sendo a implantação dos padrões do Manual de Acreditação da JCI?

O processo iniciou pelo conhecimento do manual, seus requisitos e metodologia da JCI. Foram treinados todos os gestores do hospital e realizamos dois cursos voltados exclusivamente para a equipe médica, para que a mesma também se apropriasse desse conhecimento, uma vez que ela é parte importantíssima e imprescindível para trilhar junto aos demais colaboradores da instituição rumo a este objetivo. Na sequência, passamos por uma visita diagnóstico pela equipe educadora do Consórcio Brasileiro de Acreditação – o CBA é o associado da JCI no Brasil – para levantamento do cenário do hospital em relação ao atendimento dos requisitos do manual. Posteriormente, escolhemos alguns líderes e vice-líderes para auxiliar na coordenação do projeto junto ao escritório da Qualidade, que ficaram responsáveis pelos capítulos do manual, aprofundando seus estudos, propondo ações e trabalhando em conjunto com os responsáveis para a implementação dos gaps identificados na visita diagnóstico em nosso hospital.

Quais os benefícios que a acreditação JCI pode trazer para a melhoria da qualidade e segurança hospitalar?

A acreditação JCI é um excelente direcionador de como podemos melhorar; vários especialistas se reuniram para a montagem e atualização do manual trazendo em seus padrões, conceitos aceitos internacionalmente como os mais efetivos em relação à segurança do paciente. A instituição que os adota tem certeza de estar realizando as melhores práticas assistenciais disponíveis na atualidade, proporcionando aos seus clientes uma assistência diferenciada e segurança do paciente, possibilitada por maior integração entre os processos e otimização de recursos.

Como tem sido disseminados esses padrões junto aos colaboradores? 

Nossa instituição tem feito várias visitas em hospitais já certificados para entender como foi o processo de implantação, como o mesmo tem sido mantido, os ganhos com a acreditação e dúvidas de como fazer os processos que ainda não temos ou melhorar os existentes.  Temos percebido que as instituições acreditadas JCI são bastante acolhedoras e recebem muito bem para passar sua experiência, é um orgulho para os mesmos mostrar todo o seu desenvolvimento. Além disto, os grupos multiplicadores e responsáveis pela coordenação do projeto estão se reunido periodicamente para leitura conjunta do manual e do relatório diagnóstico para o planejamento de ações. Muitas delas já foram implementadas: revisão dos protocolos das metas, confecção do código de conduta, início das avaliações do corpo médico (optamos por iniciar pelo serviço de imagem, nosso piloto), início dos treinamentos em técnicas de ressuscitação, confecção e divulgação da padronização de abreviaturas utilizadas na instituição, participação da alta direção no conhecimento nos eventos adversos tratados internamente, entre outras.

Acredita que os padrões JCI possam melhorar a relação hospital x pacientes e hospital x colaborador?

Certamente. Entendemos que médicos e colaboradores bem capacitados conseguem prestar uma assistência diferenciada, o que refletirá na satisfação de nossos clientes. Além disto o desenvolvimento destes profissionais tem real impacto em sua empregabilidade.

A acreditação JCI pode ser um diferencial de mercado?

A partir do momento que nosso hospital estiver certificado, faremos parte de um seleto grupo de instituições que hoje são reconhecidas como as melhores do país, favorecendo com que a população da região de Sorocaba priorize ser atendida em nosso hospital.

O Hospital Dr. Miguel Soeiro pode vir a ser a primeira instituição da cooperativa médica a obter a acreditação JCI no país. O que isso representa?

O desafio da implantação desta norma em uma cooperativa médica é muito grande, uma vez que os trabalhos envolvem os próprios donos do negócio. A acreditação JCI nos possibilitaria visibilidade diferenciada. Caso sejamos os pioneiros no Sistema Unimed e no interior de São Paulo, consolidaríamos a nossa visão de “Ser reconhecida como uma das instituições que presta os melhores serviços de saúde do país, referência em inovação, humanização, sustentabilidade e tecnologia”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo