Colecionáveis digitais tomam conta do futebol

Os colecionáveis digitais se tornaram uma febre mundial em 2021, e o futebol brasileiro pouco a pouco tem adotado a novidade. Recentemente, o Vasco da Gama fechou uma parceria com a Block4, para o lançamento dos seus ingressos colecionáveis digitais referentes ao Cariocão 2022. Com isso, os bilhetes que serão comercializados a R$10 serão NFTs com registro na blockchain, o que torna cada um deles único.

Colecionáveis digitais tomam conta do futebol (Foto: Divulgação)

Colecionáveis digitais tomam conta do futebol (Foto: Divulgação)

Do início ao fim da competição

O bilhete colecionável da primeira rodada da competição ficou disponível na última segunda-feira (24), e a cada rodada do torneio será liberado um novo ticket para os torcedores que desejarem montar sua coleção. Ao término do campeonato, os fãs que tiverem completado a coleção terão direito a alguns descontos em lojas oficiais do Vasco e desbloquearão uma conquista.

“O futuro já chegou, e os colecionáveis digitais são produtos que fazem parte desse novo tempo. Para nós no Vasco, é importante mostrar isso para os torcedores e ajudarmos nessa transição introduzindo a nova cultura aos poucos, porque logo mais novas tecnologias chegarão e os ingressos colecionáveis terão um novo significado no nosso dia a dia,” afirma a coordenadora de marketing digital do Vasco da Gama, Júlia Fernandes.

Colecionáveis Digitais (Foto: Divulgação)

Foto: Divulgação

Enquanto isso, o CEO da Block4, Thiago Canellas, esclareceu a proposta dos colecionáveis digitais, apontando que ela vai de encontro ao antigo hábito de alguns torcedores que costumavam guardar seus ingressos físicos, de plástico ou de papel, como uma recordação sua com o clube. Só que os bilhetes NFT serão mais ou menos a mesma coisa, o que ajudará a aproximar ainda mais os torcedores do Gigante da Colina. O executivo ainda apontou que a Block4 tem trabalhado em outras iniciativas semelhantes junto ao Vasco e que logo devem ser divulgadas.

Além disso, no finalzinho do ano passado o Vasco também fechou um patrocínio com uma plataforma de apostas online, aproveitando o grande crescimento que este mercado tem apresentado. Desde 2018, o setor está em plena ascensão no Brasil, e dia após dia mais torcedores buscam as casas de apostas com bônus de boas-vindas, já que dessa forma eles podem realizar seus pitacos em diversas partidas gastando pouco. Contudo, as promoções não são as únicas facilidades disponibilizadas pelas plataformas, já que elas ainda dão dicas importantes, assim como algumas estratégias, que se postas em prática da maneira correta podem maximizar os ganhos dos usuários.

Ceará embarca na onda

O Ceará revelou uma parceria com a gerenciadora do Global Fantasy Football, Sorare, que disponibiliza aos usuários a chance de comercializar cards digitais de jogadores. Dessa forma, o Vozão, junto ao Corinthians e o Atlético-MG, são as equipes brasileiras que contam com o serviço.

Chutando bola de futebol (Foto: Divulgação)

Foto: Divulgação

Com a parceria, o Ceará consolida sua inserção no mundo tecnológico de blockchain em NFTs. Enquanto isso, no Global Fantasy Football, o usuário precisa comprar cards para montar a escalação da sua equipe, dessa forma, o jogo em si ultrapassa a diversão e passa a ser um tipo de investimento. Atualmente, a plataforma conta com ao menos 15 mil usuários brasileiros.

Segundo Nicolas Julia, CEO da Sorare, a empresa está bastante satisfeita por fechar um acordo com um clube do tamanho do Ceará, que está entre as principais forças do Nordeste, sendo um dos times mais tradicionais do Brasil. E com essa sociedade, o principal intuito é exportar a marca do clube, atraindo fãs de fora do país, enquanto a Sorare continua a expandir sua experiência de jogo.

Enquanto isso, o diretor de Marketing do Ceará, Lavor Neto, afirma que “o clube lança no mercado um produto baseado na tecnologia blockchain em NFTs que além de internacionalizar a marca tem grande potencial de geração de receita para o clube. Mais um produto que coloca o clube entre os mais inovadores do país”.

Até o momento, a Sorare conta com mais de 200 times e ligas em seu portfólio, e dentre os seus parceiros se destacam a La Liga, Bundesliga, Paris Saint-Germain, Bayern de Munique e Liverpool. Recentemente, a companhia revelou ter recebido um aporte de US$ 680 milhões, e passou a ser avaliada em US$ 4,3 bilhões.

Leia também:

“O Barça não foi o que eu esperava”, afirma Coutinho sobre saída do clube espanhol

Atual edição do Campeonato Brasileiro tem melhor média de público dos últimos 10 anos

Saiba as probabilidades de o Brasil vencer a Copa do Mundo de 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo