Scuderia CJ recebe Pedro Aizza para disputar a temporada 2022 do TCR South America

Equipe chefiada por Carlos Chiarelli, terá o jovem talento paranaense como titular em seu time

São Paulo (SP) – Apenas um dia após a decisão do primeiro campeonato de sua história, o grid do TCR South America se reforça para a temporada 2022. A Scuderia CJ, chefiada pelo engenheiro Carlos Chiarelli, assinou com o jovem curitibano Pedro Aizza para assumir um dos Hyundai Elantra da equipe no próximo ano.

Pedro Aizza (Divulgação/MS2)

Atual campeão da GT Sprint Race na divisão Pro-Am, o piloto de 16 anos de idade correu duas etapas na temporada inaugural do TCR South America, uma delas com o carro da equipe CJ. A escuderia, por sua vez, disputou três das oito etapas de 2021, com destaque para o segundo lugar da dupla Sergio Jimenez e Beto Monteiro na prova de endurance realizada em julho em Curitiba.

Pioneiro do automobilismo brasileiro em eventos internacionais da plataforma TCR, como o WTCR e o recém-lançado Pure e-TCR, o parananese Augusto Farfus está envolvido no projeto da Scuderia CJ. Caso seu calendário permita, irá compartilhar com Aizza o Elantra nas corridas de duplas em 2022.

A segunda edição do TCR South America terá provas no Brasil, Argentina e Uruguai. A temporada começará na pista brasileira do Velocitta, no dia 3 de abril.

O que eles disseram:

“Estamos muito felizes em fecharmos 2021 já com um piloto confirmado na TCR. O Pedro é um jovem talento, que vem reforçar nosso time e temos certeza que iremos fazer um ótimo trabalho”

Carlos Chiarelli

“Minhas expectativas são excelentes! A TCR é uma categoria internacional, que eu vejo com muito bons olhos. Tenho muito gosto de correr e vou aproveitar o máximo essa oportunidade que eu estou tendo. Estou muito feliz em participar de uma equipe grande como é a do Carlão (Chiarelli), que participa de várias categorias e que demonstra pela experiência dele e dos profissionais que trabalham no time. Isso me anima para o próximo ano, visando o aprendizado que eu posso ter junto com a Scuderia CJ. Não tenho muita experiência no carro, tive um ano de 2021 excelente em carros de turismo, onde fui campeão da Sprint Race, que foi minha base. A TCR é uma categoria extremamente profissional, onde sei dos grandes desafios, fiz duas corridas na temporada 2021, e gosto muito do Elantra. Sei que as primeiras corridas não serão de vitórias, pois sou um piloto que tenho muito a aprender, mas quero brigar por pódios e vitórias. A categoria tem pilotos bem experientes e rápidos e tudo isso será muito produtivo para mim como piloto!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo