Modelo Janaína Julik, vive momento de superação após escapar de feminicídio

Janaína Julik, além de ser empresária, é modelo e digital influencer, onde mantém um perfil nas redes sociais que costuma compartilhar com seus seguidores todas as suas experiências pessoais e suas histórias de superação.

A linda gaúcha de 31 anos, é formada em RH, apaixonada por sushi e a prática de musculação, esporte este que ela não deixa nenhum dia de realizar.

Modelo Janaína Julik – Crédito: Daniel Quadros / Renato Cipriano – Divulgação

Jana é frequentemente comparada com a modelo e apresentadora Juju Salimeni, não somente pelo físico, mas também pela aparência, e no início deste ano, as beldades estiveram juntas, pois Janaína foi uma das integrantes que participou da primeira temporada do reality show Juju Boot Camp, transmitido no canal E! Entertainment, e que teve apresentação exatamente da Juju Salimeni, onde o reality colocou 24 mulheres a prova em um treinamento que testava tanto a força física, como mental.

A semelhança entre as loiras, faz com que os amigos de Jana a chamem de “Mini Juju” e a beldade comenta a respeito. “A Juju é uma grande referência pra mim, uma baita inspiração de exemplo e de dedicação, e ter participado de seu reality foi extremamente gratificante e maravilhoso”, declarou.

Mas nem tudo é flores na vida da gaúcha… uma mancha triste em sua história pessoal servirá para Janaína levantar sua voz contra um mal que assola nossa sociedade, violência feminina.

A modelo foi vítima de uma tentativa de feminicídio que partiu do seu ex namorado no último mês de junho, onde infelizmente cenas horripilantes levaram a modelo para as páginas policiais.

“Após de uma tarde entre amigos fui surpreendida com uma agressão gratuita do meu ex namorado em Itapema / SC, o que foi um grande susto, porém graças a Deus e pelo amor que tenho em minha filha, estou dando a volta por cima”, revela Janaína que para celebrar um novo tempo em sua vida realizou um novo ensaio fotográfico.

A beldade ainda complementou: “Depois de meses traumatizada, estou me refazendo, voltei a cuidar do meu corpo e principalmente da minha mente. Retomei os trabalhos e aguardo o fim da pandemia para iniciar novos projetos”, conta Jana.

Ela quer ser voz ativa denunciando a violência e os abusos contra as mulheres e tem usado sua página no Instagram para orientar e ajudar mulheres que passaram por traumas semelhantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo