Piscina de pedra de 2.400 anos é encontrada em Roma, na Itália

Uma piscina de pedra de aproximadamente 2.400 anos foi encontrada este mês em Roma, capital da Itália. A informação foi divulgada na quarta-feira (09) e os arqueólogos acreditam que ela seja do século 4 a.C.

Piscina de pedra de 2.400 anos é descoberta em Roma – Foto: Museu Nacional de Roma/Divulgação

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, as ruínas da piscina de pedra estão localizadas no bairro litorâneo de Óstia, em Roma.

O porta-voz do Museu Nacional de Roma divulgou a informação de que se trata e uma descoberta arqueológica “extraordinária”, por se tratar de uma edificação bem conservada.

Já a superintendente de Roma, Daniela Porro, disse em um comunicado distribuído à imprensa, “Outro sucesso da arqueologia preventiva, essencial para não dispersar o nosso passado, e para proteger e valorizar territórios que, caso contrário, permanecerão desconhecidos“.

Arqueólogos disseram que essa piscina pode ter tido funções que não o banho – Foto: Museu Nacional de Roma/Divulgação

Uma descoberta que renova o espanto em relação a Roma e às infinitas histórias que ainda tem por contar“, concluiu Daniela Porro sobre a construção classificada como “extraordinária” pelo Museu Nacional de Roma.

Os arqueólogos italianos e estrangeiros ainda não sabem ao certo qual era a função desta piscina de pedra, podendo a mesma ter sido utilizada como reservatório de água, tanque de decantação, ou mesmo, área para a realização de plantios ou rituais.

Com informações das Agências AFP e ANSA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo