Ataque a base militar dos EUA no Afeganistão deixa 2 feridos

Tropas dos Estados Unidos (EUA) e do Afeganistão foram atacadas neste sábado (08) no Leste do país. Ainda não há informações sobre mortos, mas as autoridades locais disseram que dois militares afegãos ficaram feridos.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, o ataque aconteceu quando autoridades norte-americanas, afegãs e do Talibã tentam entrar em um acordo para a retirada de todas as tropas estrangeiras do país.

Forças de segurança afegãs posto de controle em Ghazni, no Leste do país – Foto: AFP/Arquivos

O coronel Sonny Leggett, porta-voz do Exército dos EUA, informou que o ataque aconteceu quando militares dos dois países realizavam uma operação na Província de Nangarhar.

Uma força combinada dos EUA e do Afeganistão, que realizou uma operação na província de Nangarhar foi atacada por tiros em 8 de fevereiro. Estamos avaliando a situação“, afirmou o coronel Sonny Leggett em comunicado.

Até o momento nenhum grupo assumiu a autoria do ataque, mas as autoridades norte-americanas e afegãs acreditam que possa ter sido praticado por insurgentes do Talibã ou da Al-Qaeda.

Um funcionário do governo afegão, que pediu para não ser identificado, disse que o ataque aconteceu no quartel-general militar do Distrito de Shirzad, e que forças estrangeiras isolaram a área.

Vários helicópteros pousaram e deixaram o complexo da sede, causando baixas. Não sabemos quantos mortos ou feridos“, disse o funcionário em anonimato.

Este incidente ocorre no exato momento em que negociadores norte-americanos, afegãos e do Talibã tentam chegar a um acordo para a saída de milhares de militares estrangeiros do Afeganistão, depois de uma ocupação que já dura 18 anos.

Em 2019, ocorreram vários ataques contra militares estrangeiros no Afeganistão, tendo sido mortos na ocasião 32 soldados dos EUA, Grã-Bretanha e Canadá.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo