Explosão atinge fábrica em Houston (EUA) e deixa mortos e feridos

Uma forte explosão, seguida por um incêndio, atingiu nesta sexta-feira (24) uma fábrica de máquinas na cidade de Houston, no Estado do Texas, nos Estados Unidos (EUA), causando a morte de pelo menos duas pessoas e deixando outras cinco feridas. As causas deste incidente ainda são oficialmente desconhecidas, e já estão sendo investigadas.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, a explosão foi forte e várias casas foram totalmente ou parcialmente destruídas. Algumas delas chegaram a ser arrancadas de sua fundação.

Imagem mostra o teto de uma casa que desabou após a explosão em uma fábrica na cidade de Houston, no Texas (EUA), nesta sexta-feira (24) — Foto: Mark Felix/AFP

Equipes de resgate, bombeiros, policiais e peritos foram mobilizados e enviados para a região, que foi totalmente isolada e cercada. Vários imóveis próximos tiveram que ser esvaziados, devido ao risco de novas explosões.

As causas da explosão ainda não foram oficialmente confirmadas, mas uma análise preliminar mostra que uma das prováveis causas pode ter sido um vazamento de gás propileno, que é liquefeito, incolor, e altamente inflamável.

A explosão atingiu e destruiu parcialmente a Watson Grinding and Manufacturing, localizada no noroeste de Houston. Residências em vários bairros da cidade foram danificadas.

Um prédio ficou seriamente danificado após a explosão em uma fábrica de máquinas na cidade de Houston, no Texas (EUA), na sexta-feira (24) — Foto: Mark Felix/AFP

O chefe dos Bombeiros de Houston, Samuel Pena, disse que as primeiras indicações apontam para um vazamento de gás propileno, porém ele lembrou que as reais causas do incidente somente serão conhecidas após o término dos trabalhos das equipes e dos peritos técnicos.

Já o chefe de polícia de Houston, Art Acevedo, disse que as investigações podem levar vários dias, talvez semanas ou meses.

O xerife do Condado de Harris, Ed Gonzales, revelou que a explosão foi sentida a uma distância de 22 km, e que vidraças de várias casas, estabelecimentos comerciais e prédios públicos foram estilhaçados.

Nas imediações da Watson Grinding and Manufacturing é possível ver uma pilha de destroços. O local parece uma área de guerra.

A parede de uma casa que desabou após a explosão em uma fábrica de máquinas no Texas (EUA) nesta sexta-feira (24) — Foto: Mark Felix/AFP

Com informações das Agências France Presse e Associated Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo