Ataque com granada deixa 1 morto e 34 feridos na Caxemira, na Índia

Um ataque com granadas ocorrido na manhã desta segunda-feira (04), na cidade de Srinagar, na Região da Caxemira, na Índia, causou a morte de uma pessoa e deixou outras 34 feridas. As circunstâncias do ataque ainda estão sendo investigadas.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, o ataque aconteceu na Rua Hari Singh High, no centro da cidade, tendo o suspeito sido morto no local.

Militar indiano patrulha a cidade de Srinagar, em imagem de 31 de outubro de 2019 — Foto: Danish Ismail/Reuters

A Região da Caxemira perdeu sua autonomia administrativa em agosto deste ano. A área é disputada pela Índia e pelo Paquistão, tendo os dois países entrado em guerra várias vezes pelo controle dessa região.

O ataque de hoje já está sendo considerado o mais violento na região desde que a Caxemira perdeu sua autonomia em 05 de agosto deste ano. Lembrando que a maioria da população da Caxemira é formada por mulçumanos.

Os feridos, incluindo três paramilitares, foram socorridos e levados a hospitais da região. Uma das vítimas está em estado crítico.

Na Região da Caxemira, costumam ocorrer vários atos de violência, devido principalmente a disputa entre o Paquistão e a Índia, que tentam garantir a administração da área.

A Índia, além de retirar a autonomia da Caxemira, também interrompeu o acesso à internet e prendeu milhares de pessoas. A justificativa para tais atos é que se trata de uma ação para impedir agitação política.

O Governo da Índia vem tentando conter os militares separatistas, que lutam para manter a região independente. As autoridades indianas acusam o Paquistão de apoiar os insurgentes, mas as autoridades paquistanesas negam qualquer ingerência.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo