Atentado deixa mortos e feridos no Sul do Afeganistão

Uma série de ataques atingiram neste domingo (7) o Sul do Afeganistão, causando a morte de pelo menos 12 pessoas e deixando outras 179 feridas, das quais 32 em estado gravíssimo. Este já está sendo considerado o atentado mais devastador do país.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas pelas principais agências internacionais de notícias, entre os mortos há quatro civis e entre os feridos há dezenas de crianças.

Atentado a bomba deixa 12 mortos e 179 feridos no Sul do Afeganistão – Foto: Rahmatullah Nikzad / AP Photo

As autoridades afegãs já sabem que os autores do ataque são jihadistas do Talibã, que tentam desestabilizar o governo. O atentado aconteceu na Cidade de Ghazni, no sul do país.

O ataque de hoje aconteceu no mesmo dia em que autoridades afegãs iriam se encontrar com representantes do Talibã no Catar para uma reunião de dois dias. O encontro foi cancelado.

O porta-voz do Governo Provincial, Arif Noori, disse que o ataque aconteceu por volta das 01h15min (horário de Brasília), próximo à sede da Direção Nacional de Segurança (NDS – sigla em inglês).

Segundo Arif Noori, os insurgentes detonaram um carro-bomba nas imediações do posto de segurança, na entrada da base militar, matando 12 pessoas, incluindo quatro civis, além de ter deixado outras 80 pessoas feridas.

Arif Noori disse ainda que a maior parte dos feridos é formada por jovens em idade escolar, e que o número de vítimas fatais pode aumentar nas próximas horas, porque muitas delas encontram-se em estado grave.

A área do atentado já foi isolada e cercada pelas Forças de Segurança. Neste momento, policiais realizam buscas na região na tentativa de localizar e prender possíveis suspeitos.

O porta-voz do Talibã, Zabihullah Mujahid, reivindicou o atentado em um breve comunicado distribuído as agências internacionais de notícias.

Uma importante base da Direção Nacional de Segurança em Ghazni foi atacada por um suicida, utilizando um veículo explosivo. Segundo as informações iniciais, a base está completamente destruída e dezenas de homens da NDS e trabalhadores morreram ou ficaram feridos“, disse Zabihullah Mujahid.

O atentado de hoje também atingiu uma escola, um museu, além de uma estação de televisão. Na escola, 51 alunos ficaram feridos e precisaram ser levados a hospitais da cidade.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo