Os perigos de descolorir o cabelo em casa: o método barato que fica caro

Procedimento mal feito pode causar maior elasticidade dos fios e queimaduras no couro cabeludo, diz especialista

Mechas feitas no Oliver Salon – Foto: Oliver Salon

O desejo por cabelos dourados está presente na vida de muitas mulheres. São milhares de cores e combinações que vão do loiro escuro até o platinado. Mas, quais são os cuidados que devem ser tomados a partir da prática da descoloração? O processo feito em casa pode trazer problemas sérios ao couro cabeludo e a saúde de uma forma geral. É preciso muito cuidado para que o barato não saia caro mais para frente.

O hairstylist, Bruno Oliver, à frente do Oliver Salon, diz que o procedimento de descoloração se resume a retirada dos pigmentos da fibra capilar para deixá-la mais clara ao adentrar as camadas do fio. “Quando ocorre a descoloração, ela é modificada, o que altera as ligações químicas naturais presentes na fibra do cabelo. É aí que o profissional entra. Um hairstylist sabe muito bem quais produtos usar para evitar danos nos fios da cliente. Uma descoloração feita de maneira errada pode acarretar em fios quebradiços, ressecados, porosos e sem brilho”, explica Bruno.

Outra questão comum para as mulheres que preferem procedimentos caseiros, é a insatisfação. “Muitas vezes, o resultado obtido não é o esperado. Isso faz com que a mulher se frustre e se desanime com o visual. Acredito que o cabelo é a maior fonte de autoestima da mulher e, dessa forma, ele precisa ser bem cuidado. Uma descoloração amadora pode fazer com que os fios fiquem elásticos e provocar queimaduras no couro cabeludo”, diz o hairstylist.

Bruno também fala como fazer com que o loiro dure mais tempo. “Evitar o excesso de exposição ao sol, sal e cloro são boas alternativas para quem ter uma boa duração na tintura. Usar xampus matizadores também pode evitar que o cabelo fique esverdeado ou amarelado. Isso só é dito por um bom profissional, já que em casa a busca por informação não é feita”, comenta Oliver.

Dicas para manter a saúde dos fios após a coloração:

Segundo a dermatologista Fernanda Seabra da Aliança Instituto de Oncologia, o ideal é investir na hidratação, que pode ser feita semanalmente em casa ou de forma intercalada, pelo menos uma vez por mês. “Usar shampoos específicos após a coloração ajuda a manter a cor, não danificando o fio. Além disso, indico o uso de óleos, porque após a tinta, o cabelo perde grande parte da sua oleosidade natural”, orienta. “Usar finalizadores hidratantes todos os dias, ou optar por máscaras reconstrutoras à base de óleos, uma vez por semana, é importante para manter os fios sempre saudáveis”, conclui a médica.

Serviço:

Oliver Salon – Brasília

Instagram: @brunoliversalon

www.facebook.com/Oliversalonbsb/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo