Famasul assume cadeira no Colegiado de Vogais da Junta Comercial do Estado

 

Foto: Famasul/Divulgação

Dois diretores do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul representarão o setor agropecuário na Jucems – Junta Comercial do Estado. O diretor-secretário, Frederico Stella, e a diretora-técnica, Mariana Gilberti Urt, foram nomeados vogal e suplente, respectivamente.

A posse oficial foi realizada nessa segunda-feira (4), com a presença do presidente da Famasul, Mauricio Saito; do Governador, Reinaldo Azambuja e outras lideranças. “Eles passam a deliberar, juntamente com outros setores, todas as alternativas que viabilizem e dinamizem a entrada ou criação de empresas em Mato Grosso do Sul. São papéis de suma importância para a economia estadual, que visam o avanço social e o desenvolvimento competitivo”, aponta o presidente da Federação, Mauricio Saito.

Augusto César Ferreira de Castro permanece como presidente da Jucems, juntamente com o vice-presidente, Rodolfo Souza Bertin, até 31 de janeiro de 2023. “Quando assumimos a Jucems, o tempo para abertura de uma empresa era de 35 dias, passamos a 17 dias, e agora, dependendo do perfil, chega a 48 horas. Em 2017 registramos 6 mil novas empresas, encerramos 2018 com 6.400, e acreditamos na melhoria dos números em 2019, que poderá chegar a 7.000 novas empresas”, apostou Castro.

Segundo o Governador de MS, Reinaldo Azambuja a nova diretoria tem por finalidade desburocratizar processos. “Vamos facilitar a vida do cidadão e cidadã, simplificando. Temos uma enormidade de legislações, instruções normativas e resoluções, que ao arrepio da lei vigente, criam obstáculos para o desenvolvimento de atividades produtivas, de todos os setores”, destacou Azambuja.

O Governador citou a modernização dos processos da Jucems como conquista do seu primeiro mandato. “Conseguimos diminuir o tamanho da estrutura da máquina pública, propiciar uma estrutura mais enxuta, que não onere tanto a sociedade, para que a gente possa entregar serviços e políticas públicas, que é o grande anseio que toda sociedade tem”, afirmou, lembrando que desde 2018 a Junta conta com processos 100% digitais.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo