Incêndio florestal atinge a Croácia e pode chegar a cidade de Split

A cidade de Podstrana, na Costa do Mar Adriático, na Croácia, já foi atingida pelo incêndio florestal – Foto: France Presse

Um incêndio florestal de grandes proporções está desde a última sexta-feira (14/07) atingindo a Croácia e o fogo está ameaçando chegar a República de Montenegro, nos Balcãs.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, as chamas atingem a Península Lustica, na Costa Adriática, e já chegaram aos subúrbios da cidade turística de Split, que foi parcialmente evacuada.

As autoridades da República de Montenegro já solicitaram à União Europeia ajuda para combater os incêndios no país. A origem do fogo é desconhecida, mas não está descartada a possibilidade de incêndio criminoso.

Ao todo, já foram destruídos na Croácia 4.500 hectares de florestas, compostas principalmente por pinheiros. Além dos bombeiros, militares do Exército e da Aeronáutica estão ajudando combater as chamas.

O prefeito de Split, Andro Krtulovic Opara, disse na manhã desta terça-feira (18/07) em entrevista coletiva, que o fogo está sob controle, e que a situação melhorou significativamente. Por enquanto, os moradores que foram retirados de suas casas continuarão em abrigos e/ou casas de parentes.

Bombeiros são vistos tentando combater o incêndio florestal na Península de Lustica, na Croácia – Foto: Stevo Vasiljevic / Reuters

“A situação se normalizou uma vez que o vento diminuiu e nós também tivemos ajuda de aviões de combate a incêndios. A situação está muito melhor do que na noite passada. Agora nós estamos trabalhando em restaurar o fornecimento de água e eletricidade nas áreas afetadas”, disse Krtulovic durante a entrevista coletiva.

As chamas provocaram lesões em várias pessoas, tendo 16 delas procurado ajuda em hospitais da região, seja por inalarem fumaça ou por queimaduras quando tentavam apagar o fogo.

O ministro do Interior de Montenegro disse em entrevista concedida a Agência France Presse, que bombeiros estão tentando controlar as chamas, mas que o fogo está se alastrando muito rapidamente, em decorrência dos fortes ventos que atingem a região.

Prefeitos das cidades costeireas de Herceg, Kotor e Tivat, solicitaram ajuda aos governos da Bósnia, Croácia e Sérvia. Eles pediram o envio imediato de aviões-tanques.

Bombeiros, militares e voluntários estão ajudando a combater os incêndios em Montenegro. Já foram registrados pelo menos 12 focos de fogo em várias regiões do país.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo