Temporal e inundações atingem o Sri Lanka e deixam mais de 70 mortos e milhares de desabrigados

Morador de Wellampitiya, no Sri Lanka, improvisa e tenta se locomover por uma rua alagada. – Foto: Reuters

Morador de Wellampitiya, no Sri Lanka, improvisa e tenta se locomover por uma rua alagada. – Foto: Reuters

As fortes tempestades que desde o início desta semana vem atingindo o Sri Lanka, no Oeste da Ásia, já causou a morte de pelo menos 70 pessoas e deixou mais de 600 pessoas desabrigadas devido as inundações e deslizamentos de terra. A ajuda internacional já começa a chegar ao país, mas a distribuição de alimentos e medicamentos está sendo prejudicada por causa das chuvas, que não cessam.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, Estados Unidos (EUA) e Austrália anunciaram agora a pouco que irão doar dinheiro ao governo local, para ajudar na reconstrução do país e melhorar a saúde pública. Os valores que serão doados pelos dois países não foram divulgados.

O Governo do Sri Lanka informou que dois aviões militares vindos da Índia chegaram neste momento a Província de Colombo com ajuda humanitária. As duas aeronaves trazem cobertores, barracas, alimentos e medicamentos, que devem ser distribuídos pelos militares do país.

Informações ainda não oficialmente confirmadas revelam que dois navios mercantes da Índia e do Japão devem chegar ao país nas próximas horas, também trazendo ajuda humanitária.

Equipes de resgate e voluntários auxiliam a distribuir ajuda humanitária na Província de Wellampitiya, no Sri Lanka. – Foto: Divulgação

Equipes de resgate e voluntários auxiliam a distribuir ajuda humanitária na Província de Wellampitiya, no Sri Lanka. – Foto: Divulgação

O nível da água na capital do Sri Lanka, Colombo, recuou levemente durante a noite de sexta-feira (20/05) e a madrugada deste sábado (21/05), mas não o suficiente para permitir que os moradores pudessem retornar para suas casas, localizadas às margens do Rio Kelani, que transbordou.

Autoridades locais afirmam que as fortes tempestades que vem atingindo o país são as mais fortes em 25 anos, e que elas já provocaram deslizamentos de terra em várias regiões. Muitas pessoas foram soterradas, tendo algumas ficado até 15 metros embaixo de terra e lama.

As autoridades do Sri Lanka divulgaram neste momento um novo balanço parcial da situação, o qual afirma que 71 pessoas morreram, outras 54 ficaram feridas, e mais de 120 pessoas permanecem desaparecidas.

O presidente do país, Maithripala Sirisena, fez um pronunciamento a população pedindo calma e clamando por solidariedade das pessoas que permanecem em segurança, para que elas ajudem os necessitados.

O Governo da Índia prometeu enviar ao Sri Lanka nas próximas horas mais botes de borracha, além de equipamentos aquáticos, equipes médicas, gerados, capas de chuva, guarda-chuvas, e sacos de dormir.

O Centro de Gerenciamento de Desastres do Sri Lanka informou que dos 25 Distritos do país, 22 foram afetados pelas tempestades, e que cerca de 300 mil pessoas estão sendo retiradas de suas casas e sendo levadas para abrigos públicos.

Com informações das Agências France Presse, Reuters e NHK

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo