Retaguarda médica do 32º 10 KM Tribuna FM-Unilus contará com 80 pessoas

Um serviço importante, que nenhum atleta deseja usar, mas fundamental para o sucesso de um evento. A retaguarda médica do 32º 10 KM Tribuna FM-Unilus contará com uma grande equipe multidisciplinar, pronta para atender qualquer situação e/ou emergência ocorrida durante a prova. Especialista no atendimento médico pré-hospitalar, o que inclui eventos esportivos, há 19 anos, o médico André Luís Andriolo comanda todo o esquema de saúde na corrida.

Serão 80 pessoas trabalhando, com médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, além das equipes de ambulâncias (cinco) e as motos (quatro), facilitando o deslocamento no percurso para agilizar o atendimento. Além disso, há o posto médico, no Pronto Atendimento Unimed Santos, onde serão concentrados os casos que necessitem apoio médico e que, eventualmente, requeiram maior atenção.

O local é dotado de sala de emergência, que serve para estabilizar o paciente por até 12 horas, sala de pequenas cirurgias e todo o suporte médico necessário. “Temos a mesma rotina criada há oito anos e que tem sido uma fórmula de sucesso, com um acompanhamento dinâmico, deslocando as equipes de acordo com as maiores necessidades e riscos a serem coibidos”, afirma o médico com formação em neurocirurgia há 23 anos.

Ele explica que a equipe está preparada para qualquer situação na prova. “Os profissionais tiveram um treinamento especial para que não haja surpresa. Casos graves podem, evidentemente, acontecer, pois o número de inscritos é grande, porém pode ter certeza de que estamos preparados”, avisa.

O diretor da Medicalline afirma que a cada ano os riscos de problemas sérios vai diminuindo, porque os participantes estão se preparando cada vez mais e melhor para a prova. “Ainda ocorrem alguns casos que merecem mais atenção, mas nossos maiores problemas são mesmo a fadiga, estiramentos musculares e, em menor incidência, desidratação”, comenta.

“Este é o maior evento da nossa região e, portanto, o que exige o maior grau de concentração”, destaca o médico, descrevendo como é trabalhar numa prova envolvendo 20,6 mil atletas. “É estressante, mas absolutamente muito recompensador. A sensação de missão cumprida ao final do dia é indescritível. Poder participar desta grande festa é muito honroso, tanto para mim, como para toda a nossa equipe”, fala.

Especialista no assunto, André Luís Andriolo orienta como agir, sobretudo os novatos. “Recomendamos fortemente que os atletas façam um descanso adequado na noite anterior, evitando bebida alcoólica, tomando um café da manhã leve e, durante a prova, hidratar-se adequadamente. Respeite o seu organismo”, determina.

SEGURO – Parceira da prova há 11 anos, a Nunes & Grossi, maior corretora de seguros da Baixada Santista, é a responsável pelo seguro de acidentes pessoais dos 20,6 mil inscritos. “Desenvolvemos uma expertise particular no ramo de seguros para eventos esportivos”, diz o diretor da corretora, Vinício Grossi. “Dessa forma, além de proporcionar o bem-estar dos participantes, nos certificaremos de um bom andamento do evento”, completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo