Avião suspeito ‘invade’ espaço aéreo brasileiro e FAB intercepta o aparelho

Foto: fab.mil.br/Reprodução

Um avião de pequeno porte não identificado ‘invadiu’ no início da tarde deste domingo (03), por volta das 12h15min (horário de Brasília), o espaço aéreo brasileiro. Caças da Força Aérea Brasileira (FAB) foram mobilizadas e enviadas para interceptar a aeronave suspeita.

O piloto do avião se recusou a responder e, por essa razão, os militares abriram fogo, obrigando o condutor a aterrissar a aeronave em uma região entre os municípios de Jales e Pontalinda, no interior de São Paulo.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação Social da FAB, a aeronave suspeita foi rastreada quando sobrevoava uma região entre os Estados do Mato Grosso do Sul e de São Paulo. Tendo caças sido enviados para interceptá-lo.

Primeiro os pilotos da FAB tentaram contato com o piloto do avião, mas não obtiveram resposta. Depois, ordenado que o condutor fizesse um pouso forçado em um aeródromo especifico, mas este desobedeceu novamente a determinação.

Um tiro de advertência foi efetuado, porém novamente o piloto se recusou a obedecer às ordens dos militares brasileiros. Um ‘tiro de detenção’ foi feito, tendo o disparo acertado a fuselagem do avião.

O piloto fez o pouso forçado e, juntamente com um comparsa que também estava bordo da aeronave, fugiu correndo do local. Eles ainda não foram identificados, localizados e/ou presos.

No avião foram encontrados e apreendidos 500 quilos de pasta base de cocaína.

A droga e o avião estão sob responsabilidade da Polícia Federal.

Com informações da Assessoria de Comunicação Social da FAB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo