Melo e Klaasen enfrentam dupla alemã na estreia neste domingo (19) em Palma de Maiorca, na Espanha

Será a primeira vez que o mineiro disputa o ATP 250 na grama espanhola, preparatório para Wimbledon, Grand Slam que começa no próximo dia 27, em Londres, na Inglaterra. Jogo será por volta das 10h (horário de Brasília)

Melo joga o segundo torneio na grama, pela primeira vez em Maiorca (Edwin Verhoef)

São Paulo (SP) – O mineiro Marcelo Melo e o sul-africano Raven Klaasen voltam à quadra neste domingo (19). A dupla estreia no ATP 250 de Maiorca, em Palma de Maiorca, na Espanha, em seu segundo torneio na grama, preparatório para Wimbledon. Os adversários serão os cabeças de chave 2, os alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies, em jogo por volta das 10h (horário de Brasília). Será a primeira vez na carreira que Melo disputa o torneio na cidade espanhola. Antes de Maiorca, o mineiro e o sul-africano jogaram em ‘s-Hertogenbosch, na Holanda, chegando à semifinal. E, da Espanha, seguem para o mais tradicional Grand Slam da temporada, entre os dias 27 deste mês e 10 de julho, em Londres, na Inglaterra, onde serão cabeças de chave 16.

Melo e Klaasen estão em Maiorca desde quinta-feira (16), treinando para essa estreia. “Vamos que vamos, em mais um torneio na grama, visando Wimbledon”, afirma Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio da Volvo, Head, Voss, Asics e Confederação Brasileira de Tênis.

O mineiro e o sul-africano retomaram a parceria para a temporada deste ano na grama, após terem jogado juntos por duas semanas em 2015, comemorando dois títulos: no Masters 1000 de Xangai, na China, e no ATP 500 de Tóquio, no Japão.

Melo ocupa a 39ª colocação no ranking mundial individual de duplas da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), com 2.250 pontos. Klaasen, 39 anos, é o atual número 43 do mundo, com 1.935 pontos.

Quinze vitórias em 2022 – Na temporada 2022, o mineiro Marcelo Melo soma 15 vitórias. Com o croata Ivan Dodig ganhou cinco jogos nos dois ATP 250 de Adelaide, um no Australian Open e um no Masters 1000 de Miami. Com o alemão Alexander “Sascha” Zverev, Melo tem duas vitórias no Masters 1000 de Monte Carlo. No ATP 250 de Lyon, com o argentino Maximo Gonzalez, venceu três vezes, com mais uma vitória na estreia em Roland Garros. Com Klaasen, ganhou duas partidas na Holanda.

Recordista em títulos, participações em Grand Slam, ATP Finals e semanas no topo do ranking – Marcelo Melo, 38 anos, é recordista brasileiro em número de títulos, 35 conquistas, ao lado do também mineiro Bruno Soares. Dos títulos, todos em duplas, dois são Grand Slam – Roland Garros, na França (2015) e Wimbledon, em Londres (2017) e nove Masters 1000, além de nove ATP 500 e 15 ATP 250. Tem o recorde, também, em semanas no topo do ranking da ATP – 56, único brasileiro na história a ser número 1 do mundo em duplas. E esteve entre os Top 10 por oito temporadas seguidas. É recordista em participações em Grand Slam, com 58 edições até o Australian Open 2022 e em presença no ATP Finals – completou oito seguidas em 2020. Em 2019 chegou a 500 vitórias, na estreia no ATP 500 de Washington, passando a ser o 35º jogador de todos os tempos a atingir essa marca.

O primeiro título de Marcelo em torneios ATP foi em 2007, no Estoril, em Portugal. Tem dois Grand Slam, além de um vice em Londres (2013) e um vice (2018) e duas semifinais no US Open. Marcelo também lidera no número de títulos em Masters 1000. Em Xangai 2018 chegou ao nono, depois de ganhar Xangai (2013 e 2015), Paris (2015 e 2017), Toronto (2016), Cincinnati (2016), Miami (2017) e Madri (2017).

Temporada 2022

Vice-campeão

ATP 250 de Adelaide 1, na Austrália

ATP 250 de Lyon, na França

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo