Semana dos Museus começa com palestra sobre o poder dessas instituições na sociedade contemporânea

Campo Grande (MS) – Foi aberta na tarde desta segunda-feira, 16 de maio de 2022, no auditório do MIS, a 20ª Semana Nacional de Museus, programação de Mato Grosso do Sul, com a palestra “Da ideia de templo à nova poética de museus. O poder na contemporaneidade”, proferida pelo professor mestre Adson Pinheiro (UFF).

Aqui no Estado, as atividades museais acontecerão em Campo Grande, Alcinópolis, Corumbá e Maracaju. O evento integra ações previstas pelo Sistema Estadual de Museus, gerido pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, com várias ações simultâneas acontecendo pelos museus instalados em MS, tanto de forma presencial quanto virtual.

Fotos: Daniel Reino

O secretário adjunto de Cidadania e Cultura, Eduardo Romero, deu as boas vindas aos presentes e abriu o evento: “de A Semana dos Museus tem uma temática fundamental e importante. Já se foi o tempo em que museu era aquilo que era velho, que ficava encostado e que não tinha mais sentido. A gente sabe hoje o quanto mudou o conceito, a dinâmica, e o quanto mudaram esses espaços. E este prédio tem o privilégio de ter três importantes equipamentos desta natureza: o MIS, o MuArq, o Arquivo Público Estadual, fora outras unidades de visitação. Todos os que vêm aqui se surpreendem com esses espaços. É nesses espaços que a gente se reconhece, que a gente verifica as nossas histórias, as nossas conexões. É um prazer imenso poder iniciar esta Semana. Sejam bem-vindos!”

Fotos: Daniel Reino

O coordenador do Sistema Estadual de Museus, Douglas da Silva, falou que Mato Grosso do Sul vem marcando presença durante a Semana Nacional dos Museus. “O poder dos museus: esta é a temática da 20ª Semana Nacional dos Museus. São 20 edições. É um número comemorativo, até para nós que estamos aí em vias de realizar o nosso Fasp, que se inicia na próxima semana em Corumbá. É um evento muito importante a Semana de Museus, somada à Primavera de Museus, que acontece em setembro: são duas temporadas muito importantes para o setor museal. Mato Grosso do Sul vem marcando espaço nesses anos com a participação dos museus espalhados por todo o nosso Estado. Agradeço a presença de vocês, a participação do setor museal, que mostra exatamente o que é o poder dos museus, que é a temática deste ano”.

Fotos: Daniel Reino

A palestra de abertura teve o tema “Da ideia de templo à nova poética de museus. O poder na contemporaneidade”, proferida pelo professor mestre Adson Pinheiro (UFF). “Será que esse templo que a gente tanto critica do museu foi destruído dentro de nós? Quanto desse templo ainda existe e a gente reproduz nessa prática diária, embora a gente também, de certa forma, critique essa prática diária do museu não apenas como um lugar de uma visita, um lugar que tem as verdades, mas um espaço também aberto a novos conceitos, novas experiências, que leva não só o pensar, o refletir, mas o agir”, indaga o professor.

Com essa provocação para refletir e criar ações que permitam discutir sobre o Poder dos Museus em uma sociedade contemporânea é que o Ibram comemora a vigésima Semana Nacional de Museus, com a marca de 14.358 participações e aproximadamente 43.544 eventos realizados em todo o território nacional, desde a sua criação em 2003. E diante desses desafios, o Ibram e o ICOM Brasil convidam as instituições museais e culturais brasileiras a pensarem, no contexto de suas realidades, o poder que os museus exercem no campo das ideias e de sua atuação social.

A programação deste ano conta com palestras, mesas redondas, encontros, oficinas, exibição de obras audiovisuais, exposições, visitas mediadas, sarau e contação de histórias. Confira aqui Programação Completa e participe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo