Prédio de 3 andares desaba em bairro de Vila Velha (ES)

Ao menos duas pessoas foram soterradas

Um prédio de três andares desabou na manhã desta quinta-feira (21) em Vila Velha, na região da Grande Vitória, capital do Estado do Espírito Santo. Ainda não há informações sobre vítimas, mas moradores afirmam que duas pessoas estão desparecidas, e que elas podem estar sob os escombros.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), o desabamento aconteceu por volta das 07h15min (horário de Brasília), no Bairro Cristóvão Colombo. Alguns imóveis próximos foram atingidos e ficaram danificados.

Foto: Fábio Nunes/AT – Cortesia

As causas do desabamento ainda são oficialmente desconhecidas, mas já estão sendo apuradas pelas autoridades competentes.

Equipes das Polícias Civil e Militar, do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil foram mobilizadas e enviadas para o local, que foi isolado. As ruas próximas foram interditadas.

Vizinhos disseram que no imóvel moravam uma doceira e seu pai, já idoso. Ambos permanecem desaparecidos.

Moradores próximos relataram que momentos antes do desabamento ouviram estalos vindos do prédio e que depois houve um forte estrondo, tendo a estrutura vindo abaixo. Janelas de imóveis próximos foram danificadas.

Além das polícias, dos bombeiros e da Defesa Civil, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para ajudar no resgate de possíveis vítimas.

A Concessionária EDP foi chamada para desligar a energia elétrica na região, deixando moradores e comerciantes sem luz.

Bombeiros permanecem no local tentando encontrar vítimas sob os escombros, mas por enquanto ninguém foi resgatado.

Vizinhos que residem próximo ao prédio que desabou disseram que pela manhã sentiram um forte cheiro de gás, podendo o desabamento ter ocorrido devido a uma explosão. A informação, no entanto, é extraoficial.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo