Semana do Artesão 2022 foi sucesso de vendas e de público

Fotos: FCMS/Divulgação

Campo Grande (MS) – A 14ª Semana do Artesão, realizada de 18 a 26 de março, contou com várias atrações para a população, como a Feira de Artesanato, Exposição, oficinas de técnicas artesanais, palestras, rodadas de negócios e shows musicais para toda a família.

Fotos: FCMS/Divulgação

A Feira do Artesão, realizada durante todo o evento no estacionamento do Shopping Campo Grande, teve um total de R$ 72.500,00 em vendas no varejo, atingindo diretamente cerca de 85 artesãos.

Já a Rodada de Negócios, realizada pela Fundação de Cultura de MS e pelo Sebrae no dia 24 de março, movimentou R$ 327.520,00, um valor bem superior à rodada do ano passado, que movimentou cerca de R$ 100.000,00. Foi apresentado o artesanato de referência cultural sul-mato-grossense para empresários compradores de todo o Brasil.

Fotos: FCMS/Divulgação

Participaram 33 artesãos e dez compradores de fora do Estado. Foi uma ação totalmente gratuita, de extrema importância para a divulgação dos produtos artesanais do Estado e uma excelente oportunidade de negócios para os profissionais que têm no artesanato sua fonte de renda.

A Semana do Artesão é realizada anualmente pela Gerência de Desenvolvimento de Atividades Artesanais da Fundação de Cultura do Estado e Sectur com o apoio das entidades representativas dos artesãos de MS, Sebrae/MS e Shopping Campo Grande. É o principal evento de celebração do dia do artesão (19 de março) no Estado. Consiste em um momento de articulação e fortalecimento dos laços entre os profissionais do artesanato, seja individualmente ou por meio de suas entidades representativas. Através da Semana do Artesão, o poder público rende homenagens a esses profissionais às suas obras: o artesanato diverso e criativo que é uma das expressões da cultura sul-mato-grossense.

A Semana do Artesão de 2022 foi um evento muito esperado após dois anos de pandemia, sendo que em 2020 tivemos que cancelar o evento e 2021 tivemos a experiência de fazermos de forma virtual. Esse ano voltamos de forma presencial. De acordo com um grande número de comercialização e negócios para os artesãos de MS, com os bons resultados da Feira do Artesanato e da Rodada de Negócios, assim voltamos com o crescimento da geração de renda dos artesãos do Estado. O volume de visitantes nos shows, as participações nas oficinas também foram um grande termômetro para medir o sucesso do evento”, afirma a gerente de Desenvolvimento de Atividades Artesanais da FCMS, Katienka Klain.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo