PMA autua e multa 3 homens em MS por caça de jacarés

A Polícia Militar Ambiental (PMA) em Mato Grosso do Sul divulgou na manhã desta segunda-feira (15), a informação de que policiais da corporação conseguiram apreender na Rodovia BR-262, próximo ao município de Anastácio, a 136 km de distância de Campo Grande, capital do Estado, 8 quilos de carne de animais silvestres, que foram abatidos ilegalmente.

Foto: PMA/MS – Divulgação

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação da PMA/MS, o flagrante aconteceu na sexta-feira (12), durante a Operação Piracema, que tem como objetivo coibir crimes ambientais.

A carne de jacaré foi encontrada dentro da carroceria de uma caminhonete, aonde estavam três homens, de 23, 29 e 55 anos. As identidades dos infratores não foram reveladas.

Os três infratores foram autuados por caça ilegal de animal silvestre e foram multados em R$ 12 mil por abate e transporte ilegal de carne de jacaré.

Em depoimento, os três infratores confessaram que haviam abatido os jacarés quando trabalhavam em uma fazenda na Região do Pantanal, a 130 km de distância de Anastácio. Eles, no entanto, não souberam ou não quiseram informar quantos animais teriam sido mortos durante a caçada.

No veículo não foram encontrados armas ou qualquer outro tipo de material de caça, apenas a carne dos animais. Eles foram autuados por crime ambiental.

Diante dos fatos, os policiais militares ambientais deram voz de prisão aos suspeitos, que juntamente com a caminhonete e a carne de jacaré, foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Anastácio, onde foram autuados.

Os suspeitos responderão a crime ambiental de caça e transporte de produto de fauna ilegal e, caso sejam condenados, poderão pegar penas que variam de 6 meses a 1 ano de prisão.

A operação policial contou com a colaboração de técnicos do Instituto Estadual de Meio Ambiente (Imasul).

Com informações da Assessoria de Comunicação da PMA/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo