Retorno ao trabalho presencial pode afetar a saúde mental?

Psicóloga avalia cenário e dá dicas para volta ao "novo normal"

Campo Grande (MS) – Com a pandemia de Covid-19, muitas empresas adotaram o trabalho remoto para os funcionários continuarem desempenhando as atividades de suas casas. O avanço da vacinação e a redução dos casos de infecção pela doença têm provocado um retorno gradativo das atividades presenciais para variados segmentos. Essa mudança, no entanto, pode afetar a saúde mental.

Foto: Divulgação

A professora do curso de Psicologia da Faculdade Anhanguera, psicóloga Juliana Del Grossi, comenta as perspectivas nesse novo cenário. “Temos aí um período chamado de ‘novo normal’, que representa o mundo numa situação pós-Covid. Nisso, incluem-se a continuidade dos métodos de prevenção e cuidados que não tínhamos antes da pandemia, alterações nas relações de trabalho e sociais, que precisaram ser adaptadas uma nova realidade”, diz a especialista.

“Nessa retomada, temos de reconhecer a necessidade da manutenção das ações de prevenção à Covid-19, mas com o retorno das atividades presenciais, algumas pessoas podem ainda se sentir inseguras, com receio do vírus. Quaisquer mudanças na rotina também geram ansiedade, estresse, insegurança e até mesmo insônia”, afirma a psicóloga.

Nesse momento, como lidar com uma nova realidade? Juliana afirma que uma forma de aliviar os sintomas é tentar enxergar as mudanças por um lado positivo. “Se estamos voltando ao presencial, é porque o pior período da pandemia já ficou para trás e isso devemos comemorar. Assim como o trabalho, as atividades de lazer também estão sendo retomadas aos poucos, o que significa que há mais liberdade para reencontros e celebração de momentos juntos de amigos e familiares, os quais passamos muito tempo sem contato físico”, avalia.

Outro aspecto importante nesse retorno é com relação ao horário de expediente. “No home office, muitas vezes, o período de trabalho se excedia. Já na volta ao local de trabalho, fica mais ordenado esse controle, o que permite uma maior organização das atividades diárias, outros compromissos e, principalmente, os momentos de lazer que são essenciais para a manutenção da saúde mental”, diz a professora.

A profissional elenca algumas dicas para que esse processo ocorra de forma mais saudável possível:

– Caso se sinta desconfortável, converse com seu gestor e tente encontrar a melhor forma de realizar esse processo de retomada;

– Estresse no ambiente de trabalho pode gerar crises de ansiedade e transtornos mentais mais sérios, que necessitam de acompanhamento profissional; busque aconselhamento com um psicólogo;

– Faça pausas durante o dia, busque métodos de relaxamento, como ouvir música, meditar e até mesmo alongar-se;

– Manter os cuidados é imprescindível para prevenção à Covid-19: distanciamento, uso de máscara, higienização das mãos e cuide para o local de trabalho seja arejado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo