Podemos confiar no MEC? Veja universidades famosas que não foram reconhecidas na plataforma Carolina Bori

Universidade onde o ex-presidente dos EUA, Barack Obama, se formou não foi reconhecida no Brasil.

Estudantes e pesquisadores brasileiros que fizeram cursos em universidades estrangeiras estão enfrentando dificuldades para validarem seus títulos. Há casos em que após acessar a plataforma Carolina Bori para pedir esta regulamentação, a solicitação acaba sendo negada, mesmo quando a formação veio de um local renomado, como Harvard e Columbia. Entende-se que as Universidades possuem cursos distintos em sua organização, mas nem sempre isso é levado em consideração e diplomas de grandes Universidades são negados diariamente.

Universidade de Columbia – Foto: Pixabay

Primeiramente é preciso explicar o que é esta ferramenta. É um sistema informatizado criado pelo Ministério da Educação (SESu e CAPES), que reúne Instituições de Ensino Superior (IES) Públicas e Privadas que oferecem as informações necessárias para que os estudantes possam solicitar a revalidação ou o reconhecimento dos seus diplomas estrangeiros.

Mas há situações em que pedidos encaminhados para universidades através desta plataforma do Ministério da Educação foram negados. Um estudante, por exemplo, que fez o mestrado em Direito na Universidade de Columbia (EUA) não obteve esse benefício. Importante lembrar que o ex-presidente dos Estados Unidos. Barack Obama, fez este mesmo curso sua formação. O que leva a crer que, se depender das academias brasileiras, este título dele não seria validado por aqui.

A Clark University foi fundada em 1887 como a primeira escola inteiramente dedicada ao ensino de pós-graduações, é uma das mais antigas e mais importantes universidades dos EUA, situada em Worcester, Massachusetts. Ela foi mais uma universidade onde o profissional teve o pedido de revalidação negado. Neste caso, a instituição brasileira alegou que a carga horária do curso era incompatível, e não conseguiu avaliar adequadamente a diferença entre o sistema de semestre/hora para o sistema brasileiro de horas/aula. Na análise, a reavaliadora entendeu que a universidade americana diplomou o profissional em nível de Graduação com 136,67 h/a, o que certamente não é verdade.

Universidade de Harvard – Foto: Freepik

Alguns estudantes também enfrentaram dificuldades para reconhecer formações em algumas das principais universidades do mundo. Entre 2019 e 2020 a plataforma recebeu dois pedidos de reconhecimentos de dois diplomas obtidos em Harvard, uma das principais universidades do mundo. Um dos pedidos foi indeferido. Com relação à formação na Universidade Fernando Pessoa, uma das principais de Portugal, foram 44 diplomas encaminhados para a plataforma no período entre 2018 e 2020.

Destes, 16 pedidos foram deferidos, enquanto 28 foram negados por instituições como Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Santa Cruz, Universidade Federal de Goiás, e a Universidade Federal de Minas Gerais. O que causa estranheza e preocupação para alunos e estudantes que conquistaram estas titulações no exterior e não conseguem validá-los no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo