Musa do Botafogo, Cristina Mendonça conta que já ofereceram um carro de mais de meio milhão em troca de sexo

Ela, que é modelo na Itália, conta que um sheik propôs dar um Porsche Cayenne e em contrapartida eles passariam um fim de semana juntos

Musa do Botafogo e digital influencer, Cristina Mendonça faz diversas campanhas na Itália onde mora. Ela já foi até capa de revista no país. Mas, segundo ela, a vida de modelo não é só glamour.

Cristina Mendonça – Crédito: Washington Pósato

A vida de modelo não é um conto de fadas, principalmente aqui fora, pra uma modelo internacional como eu. A gente sofre pra caramba. É assédio atrás de assédio, é a pouca remuneração, as taxas de agência, a saudade da família que tá em outro país , as propostas mega ultra indecentes que a gente recebe todo dia e isso tudo é real , acontece de verdade. Só que nem todo mundo mostra. Eu vivo nesse mundo há mais de 6 anos. Já vi e já engoli muita coisa, mas quem sou eu pra julgar! A gente tem o livre arbítrio e a liberdade de expressão faz quem quer e aceita quem quer, ninguém te amarra e te obriga a fazer nada se você não quiser”, pontua a beldade.

A modelo revela que já recebeu propostas tentadoras.

Na minha última ida a Dubai, me ofereceram um Porsche Cayenne por um final de semana na casa de um Sheik com suas 3 mulheres e filhos, que pra eles é normal. Resumo da ópera, eu continuo sem carro e andando de Uber“, brinca.

Além do assédio, Cristina relata que já foi discriminada e até pensou em desistir da carreira de modelo.

“Em todo lugar do mundo a gente sofre esse tipo de preconceito. Mas aqui na Itália, eu nunca sofri esse tipo de preconceito. Eu sofri sim racismo no começo da minha carreira, cheguei até desistir de tudo, mas graças a Deus eu sou uma pessoa forte e isso não me abala mais”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo