Caminhão atinge e derruba postes de energia elétrica em Campo Grande (MS)

Não houve vítimas, mas motoristas ficaram ‘presos’ dentro dos carros devido ao risco de choque elétrico.

Uma carreta transportando uma retroescavadeira atingiu e derrubou na manhã deste sábado (18) pelo menos seis postes de energia elétrica em um dos bairros de Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, deixando a região sem luz.

Foto: WhatsApp/Cortesia

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), o incidente aconteceu por volta das 10h15min (horário de MS) de hoje, na Rua Raul Pires Barbosa, no Bairro Chácara Cachoeira. Por sorte, ninguém se feriu.

Vários carros foram atingidos, incluindo a de uma idosa, que permaneceu dentro do carro à espera do socorro. Caso tentasse sair do veículo, ela poderia ser eletrocutada devido aos figos de alta tensão que ficaram espalhados pelo asfalto.

Equipes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Empresa Energiza, concessionária que administra o setor elétrico em Mato Grosso do Sul, foram acionadas e enviadas para o local.

Um trecho da Rua Raul Pires Barbosa teve que ser interditada e o tráfego de veículo foi desviado.

O motorista da carreta, que não teve o nome e a idade divulgados, disse as autoridades policiais que entrou na via pública errada, e que não viu que o trator que carregava na carroceria havia atingindo os fios de energia. Ele somente percebeu o ocorrido quando viu os postes caindo.

Além dos postes, várias hastes que ligam os padrões das casas dos moradores aos transformadores também foram arrancadas. A região permanece sem energia elétrica e a Energiza não soube informar quando o problema será solucionado.

Um dos postes ficou seriamente danificado e não poderá ser reutilizado. Os demais postes serão avaliados e, caso estejam em condições, serão recolocados no lugar.

Em nota divulgada à imprensa, a Assessoria de Imprensa da Energiza informou que as equipes de manutenção já foram acionadas e enviadas para o local. Foi necessário interromper o fornecimento de energia elétrica para cerca de 1.300 consumidores.

Com informações das Assessorias do CGPM/MS e da Energiza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo