Sete dicas para não errar na hora de escolher o corte da carne

Especialista ensina qual é a melhor opção para cada receita

Campo Grande (MS) – Quem é que nunca ficou na fila do açougue pensando em qual carne levar pro churrasco? Ou ainda teve dúvida em qual corte seria o melhor para assar no forno ou para fazer na panela? Para te ajudar nessa missão possível (ufa!), com a orientação de Elton Martins, coordenador nacional de operações Carne Fresca do Fort Atacadista, elaboramos uma lista de dicas para você nunca mais errar na escolha do corte da carne.

Foto: Divulgação

 1- Na panela: para fazer aquela carne de panela que desfia ao final do cozimento, Elton sugere o miolo da paleta ou miolo do acém. “Por conta da textura e sabor, eles ficam ótimos em ensopados ou com legumes também”, pontua. A paleta, o acém e o músculo também são boas escolhas.

 2- Churrasco campeão: para um churrasco sem defeitos, Elton elenca um trio de primeira: fraldinha, costela e a tradicional picanha. A fraldinha é uma carne magra e muito macia, com pouca concentração de gordura. Já a costela é um clássico. Por conta de suas fibras longas, precisa de um cozimento mais demorado. A picanha é a queridinha do brasileiro, apetitosa, macia e suculenta.

 3- Assado de forno: aqui também podem ser usados o miolo do acém e da paleta, assim como na versão na panela. Elton inclui ainda o coxão duro nesta lista. Todas ficam ótimas e podem ser acompanhadas de legumes.

 4- Bife no capricho: um bife bem fritinho salva qualquer refeição, não é mesmo? Na hora de comprar, peça por alcatra, coxão mole ou patinho. Esses três cortes além de muito saborosos, são opções leves, com pouca gordura.

 5- Hambúrguer caseiro: sabe aqueles burgões incríveis que estão fazendo o maior sucesso? Você pode fazer em casa também! Para a receita, quatro tipos de corte para acertar: fraldinha, acém, peito e coxão duro. Mas se preferir, o Açougue Carne Fresca do Fort conta com dois tipos de  hambúrguer gourmet para quem busca praticidade.

 6- Pra não errar o tempero: Elton é bastante direto quando se fala de temperar carnes. “Para assar apenas sal grosso basta. Já para bifes e carnes de panela, vale optar não só pelo sal, mas também alho e ervas variadas.”

 7- Dica de ouro: antes de tudo, fique de olho na conservação da carne. Ela precisa estar com aspecto de produto fresco, ou seja, no tom vermelho brilhoso, com odor agradável e o ambiente com a limpeza em dia, higienizada e com ausência de insetos. Sem esses itens, nada feito!

Um bom lugar que atende a todos esses itens é o Açougue Carne Fresca, do Fort Atacadista. Nele é possível encontrar mais de 40 cortes diferentes, vendidos em bandejas, mas mantendo preços populares. São duas as unidades do Fort Atacadista com esse tipo de serviço: a Loja Parati, que fica na rua da Divisão, 1208, e a loja Coronel Antonino, que está na rua São Borja, 586.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo