Rachael Adams chega e assiste vitória do Osasco São Cristóvão Saúde na estreia do Paulista

Central norte-americana acompanhou a partida no ginásio José Liberatti na noite desta terça-feira (31), onde suas novas companheiras bateram o Agee-Atacadão S.C por 3 a 0

O time de Osasco em quadra (João Pires/Fotojump)

São Paulo (SP) – Sob o olhar atento da norte-americana Rachael Adams, que chegou ao Brasil na manhã desta terça-feira (31) e a noite já estava no ginásio José Liberatti, o Osasco São Cristóvão Saúde iniciou a defesa do título estadual com o pé direito. A central viu suas novas companheiras vencerem o Agee-Atacadão S.C por 3 sets a 0, com parciais de 25/14, 25/13 e 25/12, em 1h13min. O time volta à quadra na sexta-feira (3), em São Caetano, contra o time da casa.

Adams acompanhou o jogo da arquibancada ao lado de Fabiana, que levou o filho Asaf ao ginásio José Liberatti. “Cheguei hoje, estou no Brasil a menos de 24 e já estou muito feliz por estar aqui. É um novo país, um novo desafio e um novo time. Mal posso esperar para ver o que poderemos fazer juntas como equipe”, declarou a central norte-americana.

Michelle e Tifanny, duas das estreantes com a camisa osasquense, comentaram sobre a sensação de jogar no Liberatti como donas da casa. “Sempre rola a ansiedade da estreia, mas deu tudo certo. O time está treinando bastante e vai achar cada vez mais seu ritmo no Paulista. É um passo de cada vez e vamos ganhando confiança ao longo dos jogos”, disse Michelle. “O nervosismo faz parte de uma estreia, mas fizemos o trabalho que precisava ser feito. Estamos treinando bem e mostramos em quadra. Podemos e vamos melhorar. Esse é o caminho, de pouquinho em pouquinho até a final”, comentou Tifanny, maior pontuadora da partida, com 23 acertos.

Luizomar orienta sua equipe (João Pires/Fotojump)

O técnico Luizomar também analisou a primeira partida da sua equipe no Campeonato Paulista. “Estreia é sempre cercada de muita expectativa, principalmente quando é de um time tão tradicional como o Osasco São Cristóvão Saúde. Acho que o time se comportou bem. Este foi um dia especial, com a chegada da Adams e a equipe jogou com responsabilidade, apesar de termos pouco material do adversário para estudar e preparar o time. Jogamos com respeito e é sempre bom vencer a primeira partida em casa”, disse o treinador.

O jogo – Osasco levou o set inicial com tranquilidade. Com Tifanny, abriu sete pontos (14/7). Carla aproveitou dois contra-ataques e o placar subiu para 18/9. Saraelen, no bloqueio, fez 21/10. Quando o marcador estava em 22/12, Camila Brait foi para o jogo. Recém integrada ao elenco após a conquista de prata na Olimpíada de Tóquio, ela não foi inscrita como líbero – função que coube a Keyla – e entrou para fazer fundo de quadra até o final da parcial, por 25/14.

O segundo set manteve a tônica de domínio das donas da casa. Carla aproveitou a bola de xeque, fez 7/4, e São Carlos pediu tempo. Com um ace, Fabíola pontuou no 12/6. Tifanny elevou a vantagem para dez pontos (17/7). Paracatu acelerou pelo meio no 20/10. No final da parcial, que terminou em 25/13, Luizomar aproveitou para colocar em quadra atletas como Silvana, Bia e Kenya.

O terceiro set começou com a equipe visitante aproveitando as oportunidades e segurando a ponta do placar até Osasco empatar no 10/10. Michelle atacou da entrada de rede para fazer 17/15. E apesar de não repetir a facilidade das duas parciais iniciais, o Osasco São Cristóvão Saúde fez o suficiente para fechar o set em 25/21 e a partida em 3 sets a 0.

Tifanny no ataque (João Pires/Fotojump)

Jogaram e marcaram para o Osasco São Cristóvão Saúde: Fabíola (2), Tifanny (23), Michelle (17), Carla (12), Saraelen (4), Camila Paracatu (4) e a líbero Keyla. Técnico: Luizomar Moura. Entraram Camila Brait, Silvana, Bia, Kenya.

Jogaram e marcaram para o Agee-Atacadão S.C: Ju Maranhão (5), Sabrina (5), Lohayne (2), Vivian (7), Marina, Leticya (7) e a líbero Mari. Entraram: Bia M (1), Sasso (4), Marina, Tamara (4). Técnica: Sandra Mara Leão.

Novo manto – Uma das novidades em quadra foi o novo uniforme. A nova camisa chega junto com um novo parceiro, a Nakal. Fundada em 1998, a empresa se especializou na confecção de uniformes esportivos para clubes e equipes profissionais e tem buscado cada vez mais desenvolver produtos que agregam qualidade, tecnologia e visual moderno. Atualmente, a Nakal produz e fornece material para clubes de futebol, basquete e vôlei, entre outros esportes.

O campeonato – Seis equipes disputam o Campeonato Paulista 2021. Além de Osasco, Sesi Bauru, Barueri, Pinheiros, São Caetano e São Carlos se enfrentam em turno único. Os dois primeiros colocados da fase classificatória avançam direto às semifinais e esperam a definição dos adversários, que virão das quartas de final entre o 3º x 6º e o 4º x 5º colocados.

Fabíola arma a jogada (João Pires/Fotojump)

As semifinais reunirão o primeiro colocado da fase classificatória contra o vencedor das disputas entre o 4º x 5º, enquanto o vice-líder vai encarar quem passar do duelo entre o 3º x 6º. Os ganhadores avançam à final. Todas as fases da série final – das quartas à decisão – serão disputadas em melhor de três jogos, com a equipe de melhor campanha garantindo a vantagem de mandar a segundo e terceira partidas em seu ginásio.

CAMPEONATO PAULISTA 2021

31/08 – OSASCO SÃO CRISTÓVÃO SAÚDE 3 x 0 Agee-Atacadão S.C. (ginásio José Liberatti)

03/09 – 19h – Energis 8 S.Caetano x OSASCO SÃO CRISTÓVÃO SAÚDE (ginásio Lauro Gomes)

10/09 – 20h – OSASCO SÃO CRISTÓVÃO SAÚDE x Pinheiros (ginásio José Liberatti)

17/09 – 21h30 – Barueri x OSASCO SÃO CRISTÓVÃO SAÚDE (ginásio José Correa) – Sportv

24/09 – 21h30 – OSASCO SÃO CRISTÓVÃO SAÚDE X Sesi Vôlei Bauru (ginásio José Liberatti) – Sportv

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo