Fazendeiro é autuado em Anastácio (MS) por degradação ambiental

A Polícia Militar Ambiental (PMA) de Mato Grosso do Sul divulgou na manhã desta quinta-feira (22), a informação de que policiais da corporação autuaram e multaram em R$ 5 mil, um fazendeiro de 37 anos por degradação de uma Área de Preservação Permanente (APP) em Anastácio, a 141 km de distância de Campo Grande, capital do Estado.

Foto: PMA/MS – Divulgação

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação da PMA/MS, o flagrante aconteceu na tarde da última terça-feira (20), por volta das 14h35min (horário de MS), durante uma fiscalização de rotina.

Os policiais ambientais chegaram a propriedade rural e constataram que o proprietário da fazenda havia permitido que o gado ficasse em uma área protegida por lei, próxima a uma nascente de água.

Os animais tinham acesso livre as áreas com vegetação. O pisoteio causava degradação em toda a área e contaminava as águas de um riacho, que é abastecido pelas nascentes.

O dono da fazenda, que reside em Sidrolândia, foi autuado administrativamente e multado em R$ 5 mil. Além disso, ele responderá por crime ambiental, podendo ser condenado uma pena que varia de 1 a 3 anos de detenção.

Com informações da Assessoria de Comunicação da PMA/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo