Sobe para 4 o número de mortos no desabamento de um prédio em Miami (EUA)

Subiu para quatro o número oficial de mortos no desabamento de um prédio residencial em Miami, no Estado da Flórida, nos Estados Unidos (EUA). As causas do desabamento ainda permanecem desconhecidas, mas já estão sendo investigadas.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, o edifício desabou parcialmente nesta quinta-feira (24), deixando até o momento 4 mortos, 25 feridos e 159 desaparecidos.

Equipes de resgate continuam as buscas por sobreviventes nos escombros do edifício que desmoronou parcialmente em Miami, na Flórida (EUA) nesta quinta-feira (24) — Foto: Octavio Jones/Reuters

A região aonde fica localizado o prédio continua isolada e o trânsito de veículos e pedestres suspenso.

Equipes de resgate, da polícia e dos bombeiros permanecem na área em busca de possíveis sobreviventes que ainda possam estar soterradas sob os escombros.

As equipes chegaram a ouvir sons sob os escombros, não detectaram vozes ou calor de corpos humanos. Os sons eram de batidas, como se alguém estivesse batendo no concreto.

Cães farejadores e drones estão sendo utilizados na tentativa de localizar alguém com vida, mas à medida que o tempo passa, fica difícil encontrar sobreviventes.

A prefeita de Miami, Levine Cava, afirmou na manhã de hoje que ainda não se sabe o destino de aproximadamente 100 pessoas que residem no prédio, mas ela acredita que a maioria desses moradores possam estar vivos porque não estariam dentro dos respectivos apartamentos.

As autoridades conseguiram localizar 102 moradores. Todos não estavam no prédio no momento do desabamento.

Imagem mostra bombeiros dentro do prédio que desabou nesta quinta-feira (24) em Miami Beach, na Flórida (EUA) – Foto: WhatsApp

Logo depois do desabamento, as equipes de emergência conseguiram resgatar com vida 17 pessoas que estavam soterradas sob os escombros. Todas foram encaminhadas a hospitais da região.

Familiares de moradores do prédio estão aguardando em um centro comunitário, próximo ao local do desabamento, os resultados de exames de DNA feitos em alguns corpos resgatados dos escombros.

As autoridades norte-americanas divulgaram agora a pouco a informação de que permanecem desaparecidos 22 cidadãos de países da América do Sul, sendo 9 da Argentina, 6 do Paraguai, 4 da Venezuela e 3 do Uruguai. Não há informações sobre desaparecimentos de brasileiros.

O governador do Estado da Flórida, Ron DeSantis, decretou estado de emergência, o que facilitará o acesso a recursos federais para o resgate das vítimas.

O edifício residencial que desabou em Miami possui 12 andares e faz parte do Complexo Champlain Towers, em Surfside, uma das pequenas cidades ao redor de Miami, localizada próxima ao mar. Ele foi construído em 1981.

O bloco que caiu, a Torre Sul, fica de frente para o Oceano Atlântico e era justamente a que possuía mais apartamentos, cerca de 136 imóveis.

O desabamento aconteceu por volta das 01h35min (horário local), quando a maioria dos moradores dormia.

Imagens de câmeras de monitoramento mostram parte do prédio desmoronando rapidamente, não tendo os moradores tido chance de deixar os apartamentos antes do colapso.

Com informações das Agências Reuters e Associated Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo