Cidade Empreendedora: Em Nova Alvorada do Sul, ações para o Plano de Desenvolvimento Econômico são definidas em oficina

Documento elaborado pela prefeitura e lideranças locais, com o apoio do Sebrae/MS, vai nortear a execução do programa na cidade.

Com protocolos de biossegurança, a equipe da Prefeitura Municipal de Nova Alvorada do Sul e lideranças do município, como membros da Associação Comercial e Empresarial e representantes da agricultura familiar, participaram de uma reunião com o Sebrae/MS, nesta quinta-feira (24), no Colégio Bombeiro Militar Benedito Coutinho, para estabelecer ações de melhorias para a cidade.

Oficina foi realizada com protocolos de biossegurança na sede Colégio Bombeiro Militar Benedito Coutinho, em Nova Alvorada do Sul – Foto: Sebrae/MS

O encontro consistiu na Oficina de Planejamento Participativo (OPP), realizada por meio do programa Cidade Empreendedora, com a proposta de confeccionar a partir do diálogo com os interlocutores do município e das análises de pesquisas socioeconômicas feitas pelo Sebrae, o Plano de Desenvolvimento Econômico (PDE) para a cidade. O documento vai nortear a execução do Cidade Empreendedora no município.

De acordo com o prefeito de Nova Alvorada do Sul, José Paulo Paleari, a oficina foi bastante produtiva e teve bons resultados. “Proporcionou a interação entre o poder público e o privado para que seja feito um trabalho em conjunto com a proposta de atingirmos objetivo que temos para o nosso município que é o desenvolvimento, a geração de emprego e de riquezas. Além disso, a oficina permitiu que a gente direcionasse ações para alguns nichos que vêm da demanda da iniciativa privada e da população. Acredito a participação de todos, juntamente com a equipe técnica do Sebrae, só veio a contribuir”, ressaltou o gestor.

Na data, a oficina foi conduzida pelo consultor do Sebrae/MS, Patrick Vargas Cavalcanti e, de acordo com ele, as ações elencadas abordaram, principalmente, três eixos: o incentivo à agricultura familiar, o fortalecimento do comércio e o fomento da área de cultura e lazer.

Para auxiliar os pequenos produtores, há a necessidade de melhorar o escoamento da produção. No total, são oito assentamentos presentes na região de Nova Alvorada do Sul.  “A ideia é promover ações que viabilizem as vendas do que é produzido pela agricultura familiar, como, por exemplo, a reativação do Mercado do Produtor e a criação da Feira Eco Arte, onde esses produtos podem ser comercializados”, ressaltou Patrick.

De acordo com o consultor, a Feira Eco Arte também vem como uma estratégia para fomentar a cultura local, já que a proposta é que no espaço sejam realizadas apresentações de música e dança, além da venda de artesanato. Já no âmbito do fortalecimento do comércio, entre as ações citadas pelos interlocutores, está a realização de capacitações voltadas para os empresários e para a população, pois existe a demanda de mão de obra qualificada e a necessidade de melhorar o atendimento ao cliente.
As ações elencadas como importantes pelos participantes da oficina resultam em um relatório que vai ser analisado por técnicos do Sebrae e, a partir dele, vai ser feito o Plano de Desenvolvimento Econômico de Nova Alvorada do Sul. O documento será entregue a gestão municipal posteriormente, quando será elaborado um cronograma de execução das ações.

Cidade Empreendedora

A prefeitura de Nova Alvorada do Sul aderiu pela primeira vez ao programa Cidade Empreendedora em 2021, e, junto a outros 21 municípios de Mato Grosso do Sul, recebe o acompanhamento do Sebrae por um período de 15 meses, com ações para a transformação da economia a partir do fortalecimento dos pequenos negócios.

Entre as ações, estão desde a desburocratização de processos na abertura e alterações de empresas; incentivo às compras locais; promoção de uma cultura empreendedora e a inovação nas escolas; melhorias na sala do empreendedor; estímulo ao desenvolvimento empresarial; e formação de lideranças que exerçam uma gestão pública empreendedora.

Mais informações sobre o programa Cidade Empreendedora podem ser obtidas por meio do número 0800 570 0800.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo