Últimos preparativos para as provas do processo seletivo do Depen no próximo domingo

Devido a pandemia, o Idib elaborou um conjunto de medidas sanitárias para garantir a segurança dos participantes

Foto: Divulgação

Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib) ajusta os últimos detalhes para a realização das provas objetivas do processo seletivo do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), no próximo domingo, 13. Ao todo, 1.177 oportunidades de trabalho estão em disputa. Assim como vem realizando em outros exames pelo país, a banca atenderá as normas sanitárias vigentes para o enfrentamento do novo coronavírus. As provas serão aplicadas em quatro escolas em Brasília para melhor distribuição dos candidatos.

Os locais serão higienizados e desinfetados com a pulverização de produtos químicos utilizados em ambientes hospitalares antes e depois das provas; nas entradas, todos os participantes terão suas temperaturas corporais aferidas, as mãos limpas com álcool 70% em gel e sapatos friccionados em tapetes umedecidos com desinfetantes; as salas e os banheiros terão suas capacidades de lotação reduzidas em 50% e serão arejadas apenas com ventilação natural (portas e janelas abertas); o uso de máscaras faciais será obrigatório em todo o período; profissionais treinados pelo Idib vão orientar os candidatos a respeitarem todas as regras, repetirem a higiene das mãos, assim como manter o distanciamento social mínimo de um metro e meio. Os portões de entrada serão abertos uma hora antes da prova para evitar aglomeração.

O concurso

São 107 vagas imediatas e 1.070 de cadastro de reserva para 12 cargos, cujas formações acadêmicas exigidas são de ensino superior nos cursos de arquitetura e engenharia (civil, ambiental e sanitarista, elétrica, mecânica e mecatrônica). Os salários iniciais variam de R$ 6.242 (analista técnico de obras) a R$ 8.293 (especialista técnico de obras).

Os candidatos devem ficar atentos ao site do Idib https://www.idib.org.br para acompanhar as informações, como os locais do exame e demais orientações. O concurso é válido por dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois anos, e a convocação dos candidatos selecionados no cadastro de reserva ocorre nesse período, caso a administração pública precise preencher cargos que fiquem vagos por motivos de aposentadoria, desistência ou mesmo pela decisão de criar mais vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo