Fundesporte avalia construção de pista de mountain bike em escola estadual de Campo Grande

Fotos: Divulgação

Campo Grande (MS) – O Governo do Estado, por intermédio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), avalia a construção de pista de mountain bike (MTB) na Escola Estadual Professora Thereza Noronha de Carvalho, no Parque do Lageado, bairro localizado no extremo Sul de Campo Grande.

A primeira vistoria técnica no local foi realizada nesta quarta-feira (2), com levantamento topográfico e análise Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), procedimentos feitos pelo engenheiro Gustavo Henrique dos Santos. A instituição de ensino foi indicada pela Secretaria de Estado de Educação (SED) por possuir espaço adequado para a construção da pista, pelo número expressivo de alunos (aproximadamente mil) e pela necessidade de projetos esportivos de inclusão na região, com indicativo de vulnerabilidade social.

O objetivo é atender crianças e jovens estudantes de sete a 17 anos, incentivando a prática do ciclismo com aulas especializadas e fomentando as categorias de base da modalidade na capital com treinos que vão da aprendizagem inicial ao aperfeiçoamento técnico.

A pista de iniciação e treinamento de ciclismo será construída com recurso proveniente de emenda parlamentar empenhada pelo deputado federal Dr. Luiz Ovando e com contrapartida do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. O investimento será de aproximadamente R$ 97,14 mil. A instalação esportiva, que deverá ser entregue em 2022, será constituída por obstáculos para o desenvolvimento de técnicas do MTB, como subidas e descidas, curvas, bancos de areia e cascalhos.

Fotos: Divulgação

De acordo com o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda, a pista vai atuar diretamente na oportunização e descoberta de talentos. “É uma forma de ocupar o tempo de diversos alunos no contraturno das aulas com a prática de um esporte tão divertido que é o ciclismo. No local também poderemos descobrir e lapidar novos talentos”.

Para o assessor especial da presidência da Fundesporte, Paulo Ricardo Nuñez, que acompanhou a vistoria técnica nesta quarta-feira (2), afirma que a escolinha de ciclismo também atenderá a comunidade. “Além de treinamento esportivo de MTB, as crianças terão aula de educação no trânsito e no local também serão realizadas competições”. Para isso, profissionais de Educação Física, por meio do Programa MS Desporto Escolar (Prodesc) – Treinamento Desportivo, serão alocados na instituição.

O programa, desenvolvido pela Fundesporte em parceria com o Núcleo de Esporte (Nesp) da SED, atende neste ano cerca de 20 mil alunos-atletas de mais de 300 escolas da Rede Estadual de Ensino (REE), de 68 municípios, oferecendo treinos no contraturno das aulas. O ciclismo está presente em instituições de Cassilândia, Chapadão do Sul, Deodápolis, Ivinhema e Naviraí.

A vistoria também contou com a participação do presidente e vice-presidente da Associação Esportiva FireBikers Team, Joilson de Paula e Hilton Guenka (“Tunay”), que contribuíram com sugestões no projeto da pista, e do diretor da EE Profª Thereza Noronha de Carvalho, Victor Guilherme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo