Obesidade Infantil: Confira dicas práticas de receitas saudáveis

Alimentação equilibrada é um dos fatores para combater a doença

Não é novidade para ninguém que manter uma alimentação equilibrada traz muitos benefícios para a saúde e pode até contribuir com o tratamento de algumas doenças. Isso vale tanto para adultos como paras as crianças. Aliás, introduzir alimentos mais saudáveis nas refeições desde a primeira infância faz toda a diferença e pode tornar-se um bom hábito.

Foto: Divulgação

 Na próxima quinta-feira (3) é celebrado o Dia Nacional da Conscientização Contra a Obesidade Infantil. A data chama a atenção sobre os cuidados necessários para combater essa doença que afeta milhares de crianças em todo o mundo.

A obesidade infantil pode trazer ainda mais problemas de saúde para as crianças, como hipertensão arterial, complicações cardiovasculares, alteração na autoestima, diabetes, alteração de colesteróis, resistência insulínica. Além disso, impacta na qualidade de vida, com comprometimento físico decorrente de alterações musculoesqueléticas, intolerância ao calor, cansaço e falta de ar.

É certo que combater a obesidade não depende apenas da alimentação, mas ela é, sem dúvida, um fator muito importante na prevenção. “Alimentação saudável e adequada para cada fase da criança e adolescente, rotina de atividades físicas, manter o sono adequado, controlar o tempo usado em frente ao computador, tablet, celular ou televisão, são alguns dos métodos”, destaca a endocrinologista pediátrica da Unimed Campo Grande, Dra. Caroline Nantes Chaia.

Para auxiliar pais e responsáveis nessa tarefa tão importante que é cuidar da alimentação dos pequenos, a Unimed Campo Grande preparou receitas práticas, saudáveis e muito saborosas de sanduíches, panquecas e chips de banana.

Clique aqui para conferir!

Dra. Caroline destaca que “o acompanhamento regular com o pediatra de sua confiança para avaliação de medidas antropométricas (ramo da antropologia que estuda as medidas e dimensões das diversas partes do corpo humano) para idade também é indispensável”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo