Segundo especialista, os empresários estão mais animados para esse segundo Dia das Mães em meio a pandemia

Gérlio Figueiredo, empresário, analisa o atual cenário e diz que a data festiva vai trazer bons lucros principalmente para o mercado digital

O Dia das Mães é a segunda data que mais dá mais lucro aos comerciantes após o Natal, porém, a primeira data que tivemos que celebrar em casa, no ano passado, o varejo sentiu redução nas vendas durante essa época, mas agora com o crescimento do e-commerce o cenário pode ser outro.

Empresário Gérlio Figueiredo – Fotos: Arquivo Pessoal

No ano da pandemia, o mercado digital se expandiu e hoje é a principal fonte de renda para muitos brasileiros. É nele que o especialista e empresário em negócios Gérlio Soares Figueiredo faz suas análises para as vendas nesse Dia das Mães, que será celebrado no próximo domingo, dia 9 de maio.

“O comércio nacional aprendeu muito em um ano de pandemia e ainda vai aprender mais. No último ano, empresários tiveram que acelerar o processo de digitalização dos seus produtos e aprenderam a fazer negócios online, facilitando as compras para muitos clientes, então eu vejo sim que, para esse Dias das Mães existe muita confiança, tanto para o empresário, quanto para os consumidores”, disse entusiasmado.

No primeiro Dia das Mães na pandemia, quando estávamos começando a nos acostumar com a situação, muitos não puderam celebrar a data ao lado da mãe. Neste ano não será diferente, pois ainda estamos enfrentando a doença, mas estamos mais adaptados. Para o empresário Gérlio Figueiredo, essa segunda celebração tem um apelo emocional maior e pode aquecer o setor de serviços de entregas.

“As pessoas que tiveram que passar a data longe da mãe, com certeza neste ano vão querer comprar uma lembrancinha. Mas como novamente não vão poder estar juntos, eles vão precisar de uma empresa que ofereça serviços de entregas, porque essa pode ser a única forma deles se aproximarem dela no momento”, disse o especialista.

Mercado brasileiro – Fotos: Pixabay

Experiência do consumidor sofisticada

Segundo a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), 58,6% dos brasileiros pretendem comprar algo no próximo domingo. Ainda de acordo com a pesquisa, calçados e vestuários representam 65,2% de preferência de compra, enquanto perfumes e cosméticos 53,9%, móveis e eletrodomésticos 49,5%, cestas de café da manhã 18,6% e delivery 11,3%.

Para o especialista Gérlio Figueiredo, essa pesquisa demonstra a confiança do consumidor com o comércio, então os empresários têm que aproveitar disso para trazer mais e mais clientes. A dica que o empresário dá é, além de poderem fazer promoções, dar desconto e vale presente, o varejista pode ganhar o cliente nos detalhes.

“Caixas de presentes personalizadas, cartão escrito a punho com a mensagem do cliente, um enfeite decorativo no presente, tudo isso chama a atenção e fascina o cliente, tornando a experiência dele com seu negócio memorável”, ponderou o especialista.

Outra dica que o empresário acrescenta é o trabalho que as lojas podem fazer nas redes sociais, pois além de trabalharem bem as imagens e o feed, é preciso realizar um atendimento mais humanizado. “O cliente vai se sentir próximo, especial e vai sentir que comprando ali, na sua loja, a mãe dele pode gostar do presente, porque ele já gostou do atendimento. O lado bom é que ele pode indicar marca e passar a fazer compras na loja”, finalizou.

Fonte: MF Press Global

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo