Sebrae tem dicas para empresário aproveitar Dia das Mães

Em 2021, Dia das Mães deverá movimentar 191 milhões em MS.

Segunda melhor data comemorativa para o comércio, o Dia das Mães deverá movimentar 191,93 milhões em Mato Grosso do Sul neste ano. O número representa um aumento de 16% em relação a 2019, período antes da pandemia, conforme aponta estudo divulgado nesta segunda-feira (26) pelo Sebrae/MS e Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS).

Foto: Divulgação

Na movimentação financeira, 55% são destinados a compra de presentes (R$101,07 milhões) e 47% às comemorações (R$90,86 milhões). Com a expectativa melhor de consumo, o empresário deve aproveitar a data para lucrar. É o que aconselha a analista-técnica do Sebrae/MS, Vanessa Schmidt. Segundo ela, há oportunidades principalmente para o setor de alimentação.

“No Dia das Mães, tipicamente vemos que os familiares costumam preparar a comida ou comprar pratos prontos para que a mãe não precise cozinhar. Então é um segmento que pode ter um resultado positivo e que pode fazer pratos especiais para a data, pensando em um visual e preço diferenciado, já que o desconto está em um dos pontos principais que o cliente vai levar em consideração na hora da compra”, destacou.

Já para quem vai presentear, as preferências dos filhos serão por artigos do vestuário (26%), perfumes e cosméticos (21%), bolsas e acessórios (16%) e flores e cesta de café ou de chocolates (11%). No momento das compras, os principais atrativos para os consumidores serão pagamento à vista com desconto (36%), atendimento (18%), parcelamento (14%) e biossegurança (9%).

“No atendimento, as principais dicas aos lojistas são: ter uma equipe de vendedores preparados e que conheçam os produtos para ajudar os maridos e filhos indecisos que vão até a loja, e também ter kits prontos para agregar valor a outros produtos vendidos. É interessante que a loja tenha uma decoração relacionada à data, e que prepare embalagens especiais que remetam ao tema de amor e mãe, para atrair esse cliente”, afirma Vanessa Schmidt.

Na hora de comprar, 39% dos consumidores comprarão presencialmente de loja física, 33% comprará pela internet, 25% comprarão a distância de uma loja física e 81% entregarão o presente presencialmente.

Expectativa positiva

Apesar da pandemia, em 2021, os empresários sul-mato-grossenses estão com uma expectativa de consumo melhor do que em 2020, quando a movimentação ficou estimada em R$ 93,41 milhões. Para se ter uma ideia, neste ano, o gasto médio com presentes será de R$148,55 e para as comemorações de R$145,16, ambos maiores que em 2020.

A economista do IPF-MS, Daniela Dias, cita que o valor deste ano é inclusive superior ao de 2019, em um período pré-pandêmico. “Os números são animadores e mostram um crescimento mesmo em comparação com o ano de 2019, antes da chegada da Covid-19, registrando com isso um crescimento de 16% em relação àquele ano. Mesmo atravessando ainda o período de pandemia, com recessão econômica, o consumidor se mostra disposto a não deixar a data passar em branco e isso é uma boa sinalização para o empresário, que precisa estar preparado para atendê-lo”.

A pesquisa de intenção de consumo para o Dia das Mães foi realizada nos municípios de Campo Grande, Dourados, Corumbá/Ladário, Bonito, Coxim, Três Lagoas e Ponta Porã. Foram ouvidas 1.696 pessoas entre os dias 30 de março e 15 de abril, considerando um nível de confiança de 95% e margem de erro que varia entre 5% e 6%. É possível conferir o levantamento na íntegra aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo