Acidente aéreo deixa 3 feridos em Belo Horizonte (MG)

O piloto de um avião de pequeno porte não conseguiu frear a tempo no início da tarde desta terça-feira (20) em uma das pistas do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, capital do Estado de Minas Gerais, fazendo a aeronave sair da pista e cair em um desnível.

O piloto e o copiloto ficaram presos às ferragens e uma pessoa que estava em solo foi atingida, ficando descordada. As causas do acidente ainda são oficialmente desconhecidas, mas já estão sendo apuradas.

Fotos: Corpo de Bombeiros/MG – Via WhatsApp/Divulgação

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), equipes das Polícias Civil e Militar, do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas e enviadas para o local.

Por precaução, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) decidiu fechar provisoriamente o aeroporto para pousos. As decolagens continuam ocorrendo normalmente.

Testemunhas disseram que o incidente aconteceu no início da tarde de hoje, por volta das 13h25min (horário de Brasília), quando o piloto se preparava para aterrissar. Aparentemente ele não teria conseguido frear antes de atingir o fim da pista, fazendo o avião cair em um desnível, ainda dentro dos limites do aeroporto.

Um dos bombeiros que participam da operação de resgate, e que pediu para não ser identificado, informou que a princípio se acredita que o trem de pouso não tenha funcionado adequadamente, fato este que pode ter contribuindo para que o acidente acontecesse.

Fotos: Corpo de Bombeiros/MG – Via WhatsApp/Divulgação

Os bombeiros estão tentando acessar a cabine aonde estão presos o piloto e o copiloto. Uma das vítimas que já estava fora da aeronave foi resgatada com vida, apenas com escoriações leves, e foi encaminhada a um hospital da região.

O avião acidentado é um modelo Learjet L35, fabricado em 1976, com capacidade para oito passageiros, e está em nome da Empresa Sequip Locação Segura.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que as documentações da aeronave e da empresa proprietária da mesma encontram-se em dia, ou seja, regulares.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), órgão vinculado a Força Aérea Brasileira (FAB) já foi comunicada sobre o acidente em Belo Horizonte e deve enviar equipes para o local nas próximas horas.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo