Logística: um dos Setores Promissores para Investimentos

O setor foi impulsionado pelas compras on line na pandemia

O segmento de logística deve ser um dos protagonistas de 2021, pegando carona no sucesso do e-commerce, que teve um boom em função da pandemia, desde o ano passado.  A venda de produtos on-line no Brasil cresceu 68%, de acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, com as vendas pela internet representando 9% de todo o comércio varejista.

Foto: Divulgação

Paralelamente, as empresas de suporte para e-commerce chamam a atenção até mesmo de setores que até então não operavam nos segmentos de transporte e armazenamento. Um exemplo é a Magazine Luiza, que criou sua própria empresa de logística, a Logbee, e também transformou as lojas físicas em minicentro de distribuição.

Além da Magazine Luiza, outras empresas – como o Mercado Livre – tiveram papel de destaque no último ano nas bolsas brasileira e americana e seguem sendo foco das casas de análises.  Quem explica um pouco desta movimentação é Thales Manetti, assessor de investimentos da Plátano Investimentos – XP Invetimentos com sede em São José dos Campos e com escritórios em Taubaté, Campinas e São Paulo.

“O argentino Mercado Livre (MELI34) é hoje a empresa latino-americana mais valiosa do mundo, passando a brasileira Vale. As ações da empresa saltaram 215% durante a pandemia, alavancando o valor de mercado da empresa de R$154 bilhões para R$415 bilhões. Na bolsa brasileira a Magazine Luiza (MGLU3) cresceu cerca de 110% no ano passado, seguida de Via Varejo (VVAR3) com 45%”, exemplificou Manetti.

Estes crescimentos mostram a força da transformação do mercado de e-commerce brasileiro mundial, e também a grande oportunidade que existe de crescer ainda mais. Neste cenário, há outras empresas que o mercado financeiro pode ficar de olho.

“Nós da Plátano Investimentos estamos atentos as ações da Randon Part (RAPT3) e da Tegma (TGMA3), são boas empresas de transporte e que estão sendo negociadas a patamares abaixo de mercado. Além disso, as empresas deste setor estão ligadas ao super ciclo de commodities, que dá mais fôlego para estas empresas de logística. Sem contar que ainda teremos grandes investimentos por parte do governo federal, como por exemplo o leilão de 22 aeroportos ocorrido no último dia 07 de abril”, explicou o assessor de investimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo