Planos da Prevcom recebem R$ 1,38 milhão em contribuições facultativas no 1º trimestre de 2021

Aportes extras registraram um salto de 38% de janeiro a março em comparação com os R$ 857,75 mil depositados em igual período no ano passado

Foto: Divulgação

Os investimentos em previdência complementar ganharam espaço no planejamento dos servidores públicos e um indicador que reflete o interesse crescente nestas aplicações é o volume de contribuições voluntárias computado no primeiro trimestre de 2021 pela Fundação de Previdência Complementar do Estado de São Paulo (Prevcom). Nos meses de janeiro, fevereiro e março os integrantes dos planos gerenciados pela entidade agregaram R$ 1,38 milhão em aportes extras, superando em 38% os R$ 857,75 mil depositados em igual período no ano passado. Em 2019, o acumulado nos três primeiros meses atingiu R$ 767,23 mil.

As transferências voluntárias se somam às contribuições mensais e às contrapartidas dos patrocinadores pagas aos inscritos com remuneração acima do teto do INSS de R$ 6.433,57 e constituem referências importantes para aferir a tendência de redirecionamento de recursos pessoais dos participantes em busca de proteção e segurança financeira em um período de pandemia marcado pelo distanciamento social, home office e alterações nos padrões de consumo.

A possibilidade de aplicar uma parcela adicional de capital em uma carteira diversificada com rentabilidade consistente acima dos ativos tradicionais do mercado, com benefícios fiscais na declaração do Imposto de Renda, sem taxa de carregamento e que permite acompanhamento e acesso à gestão dos recursos facilita a tomada de decisão. A Prevcom mantém 36,6 mil participantes, patrimônio de R$ 1,83 bilhão e rendimentos acumulados de 9,80% em 12 meses contabilizados de março de 2020 a fevereiro de 2021, desempenho que suplanta os 9,58% do objetivo de IPCA mais 4%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo