Fundesporte reforça importância da prática de atividades físicas com segurança nos parques

Campo Grande (MS) – É unanimidade entre os profissionais de saúde que a prática regular de atividades físicas traz inúmeros benefícios à vida humana, especialmente com o fortalecimento do sistema imunológico. Durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), no entanto, é importante que a rotina de exercícios físicos, mesmo ao ar livre, esteja condicionada às medidas de segurança contra o contágio da doença.

Corrida Digital – Foto: Glauber Filho/Fundesporte

A Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), neste sentido, reforça que as pessoas devem se exercitar com responsabilidade nos parques estaduais, como o Parque das Nações Indígenas e dos Poderes, em Campo Grande, respeitando sempre os protocolos de biossegurança.

Durante a realização das atividades, é essencial o cuidado com o distanciamento social, uso de máscara facial durante realização de exercícios físicos leves e moderados, não compartilhamento de utensílios, como garrafas de água, tereré, alimentos e objetos pessoais (equipamentos para ciclismo, por exemplo). Além disso, assim que concluídos os exercícios, o retorno para casa deve ser imediato.

Para o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda, o respeito às normas de biossegurança evita que medidas mais restritivas sejam adotadas futuramente. “É importante que a população frequente os parques com extrema responsabilidade, até para que não haja a necessidade de medidas mais restritivas, que podem até acarretar no fechamento temporário dos parques. A atividade física é fundamental à saúde, mas deve ser feita com muita cautela e consciência neste período”.

No Decreto estadual nº 15.638, de 24 de março de 2021, que institui medidas restritivas em Mato Grosso do Sul para evitar a proliferação do coronavírus no período de 26 de março a 4 de abril, os parques estaduais foram elencados como atividade essencial. Todavia, devem respeitar o horário de funcionamento estabelecido, que restringe a circulação de pessoas das 20h às 5h de segunda a sexta-feira e das 16h às 5h aos sábados e domingos.

Reabertura do Parque das Nações Indígenas – Foto: Fundesporte/Arquivo

Com o toque de recolher, o projeto Amigos do Parque, que consiste no fechamento de uma das pistas do Parque dos Poderes para a prática desportiva aos fins de semana e feriados, funciona em horário especial: das 7h às 16h. Inclusive, vai acontecer no feriado de Sexta-feira Santa, dia 2 de abril.

O trecho interditado (lado direito da pista) no projeto compreende a área entre a rotatória da Avenida Mato Grosso (após a Avenida Hiroshima) até a Avenida Afonso Pena (em frente ao Corpo de Bombeiros), contornando o Parque Estadual do Prosa.

Já o Parque das Nações Indígenas, neste período restritivo, está aberto de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h e aos sábados e domingos das 6h às 16h. O Decreto estadual vigora até domingo, 4 de abril, mas as medidas podem ser prorrogadas pelo Governo do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo