Polícia encerra festa clandestina em Rochedo (MS) e dispersa as pessoas

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul divulgou na manhã desta terça-feira (30), a informação de que policiais da corporação, juntamente com agentes da Polícia Civil e de fiscais da Vigilância Sanitária, foram acionados para atender a uma ocorrência de festa clandestina em Rochedo, município que fica localizado a 83 km de distância de Campo Grande, capital do Estado.

Fotos: PM/MS – Divulgação

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), o flagrante aconteceu na noite de sábado (27), em uma propriedade rural. No local havia 52 pessoas sem máscara e que não estavam respeitando o distanciamento social.

O dono da propriedade rural, de 54 anos, e uma jovem de 21 anos, que organizou a festa, foram presos e levados para a Delegacia de Polícia Civil da cidade, onde foram autuados. Um equipamento de som e uma camionete foram apreendidos.

Segundo dados que constam no Boletim de Ocorrência (BO), os quais foram repassados à imprensa, as autoridades chegaram ao local após terem recebido uma denúncia anônima.

A porteira da fazenda estava aberta e da entrada era possível ouvir o som da música.

Assim que as pessoas viram os policiais e os fiscais tentaram entrar nos veículos e fugir, mas foram impedidos. Entre os infratores havia três menores de idade.

O dono da camionete e a esposa foram autuados também por desacato, já que ambos ofenderam os policiais e as demais autoridades. Já o dono da fazenda ameaçou os policiais militares e civis dizendo que conhecia políticos, e que todos poderiam ser prejudicados em suas carreiras nas corporações se não o deixasse livre das acusações.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo