Como evitar contaminação da Covid-19 nas comidas e embalagens

Com um ano de pandemia, brasileiro ainda não higieniza alimentos adequadamente

Campo Grande (MS) – A menos de um mês de completarmos um ano de pandemia decretada pela Organização Mundial de Saúde, ainda existem pessoas que não limpam os alimentos da forma correta. Uma pesquisa feita pelo Centro de Pesquisa em Alimentos revela que 52,3% dos entrevistados higienizam frutas de forma incorreta e, em relação a embalagens, 42,8% deles afirmam nem ao menos higienizar1.

“Precisamos nos conscientizar que o alimento precisa ser higienizado, mas nossas mãos também. O processo deve acontecer em sequência, pois o não cumprimento de uma destas ações invalidaria a ação de cuidado com a limpeza”, recomenda a nutricionista Bruna Magusso, professora do curso de Nutrição da Faculdade Anhanguera Campo Grande. A especialista dá dicas de como reduzir os riscos de contágio e disseminação do novo coronavírus por meio da alimentação:

Quando e como fazer a limpeza?

A limpeza deve ser feita logo ao chegar do mercado ou da feira fazendo a lavagem das embalagens com água corrente e sabão ou com pano umedecido em álcool 70%. “O vírus pode sobreviver por poucas horas ou vários dias, dependendo da superfície. Mas ele pode ser eliminado pela higienização”, explica a nutricionista.

Como higienizar os alimentos?

Os alimentos consumidos crus, como vegetais folhosos, a orientação é deixá-las de molho, por 15 minutos, em uma solução de água sanitária (uma colher de sopa diluída em um litro de água), e depois lavar em água corrente. O mesmo procedimento deve ser adotado para frutas e verduras que serão consumidas. “Ainda não se sabe exatamente sobre os riscos de contaminação do vírus via alimentos, porém todo cuidado se faz necessário. Lembre-se que ao expor o alimento ao cozimento, altas temperaturas podemos eliminar alguns microrganismos e isso pode auxiliar na prevenção contra muitas doenças transmitidas por alimentos”, ressalta a especialista.

E na hora de servir?

É importante evitar comidas que sejam servidas em forma de petisco, que as mãos são utilizadas diretamente, como em um churrasco. Deixe as comidas cobertas antes de servir. Evite aglomerações próximo da mesa. Se estiver acompanhado quando for montar seu prato, esteja de máscara e com as mãos higienizadas.

As bancadas, pias, louças e demais utensílios devem estar sempre limpos e secos, sem resíduos de alimentos. Se estiver com sintomas de gripe e não puder evitar cozinhar, utilize máscara para manipular os alimentos durante o preparo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo