Temporal atinge Minas Gerais e deixa 2 mortos e 4 desaparecidos

Uma forte tempestade atingiu na madrugada deste domingo (21) a região central de Minas Gerais, deixando para trás um rastro de destruição e vítimas. Até o momento foram contabilizados dois mortos, quatro desaparecidos, oito feridos e 25 desabrigados.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação da Defesa Civil, o município mais atingido foi Santa Maria de Itabira, a 130 km de distância de Belo Horizonte, capital do Estado.

Bombeiros são vistos procurando por vítimas em deslizamento de terra em Santa Maria de Itabira (MG) — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Equipes de resgate foram mobilizadas e enviadas para a cidade, que se encontra isolada devido ao deslizamento de terra. A principal rodovia de acesso precisou ser interditada.

Os bombeiros estão tendo dificuldades para chegar até a cidade. Uma criança foi socorrida com vida de um deslizamento e foi encaminhado a um hospital da região.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informou que a chuva não foi tão intensa na cidade, mas que os deslizamentos aconteceram porque o solo já estava bastante encharcado por causa das tempestades anteriores.

A precipitação provocou deslizamentos de terra na cidade e fez com que o Ribeirão Jirau transbordasse, ocasionando alagamento em vários pontos da cidade.

Segundo o Corpo de Bombeiros, um homem de 19 anos morreu no Bairro Poção após ser soterrado por um deslizamento de terra. Já na zona rural, uma mulher de 42 anos morreu em decorrência de um deslizamento de terra.

Chuvas atingem Santa Maria de Itabira, na Região Central de Minas Gerais, e deixam vítimas — Foto: Redes sociais

Diversas casas foram soterradas ou arrastadas por causa dos deslizamentos de terra. Em uma delas havia três pessoas, um pai e duas filhas. Todas estão desaparecidas. Em outra casa, que também foi soterrada, os bombeiros trabalham para encontrar com vida uma criança de cinco anos.

A Defesa Civil de Minas Gerais informou que até o momento foram registrados 11 pedidos de socorro feito por moradores dos Bairros Lambari, Nova Santa Maria, Poção e Cidade Nova.

Militares do Corpo de Bombeiros de outras cidades foram acionados para ajudar no resgate das vítimas.

A Rodovia MG-129 encontra-se parcialmente interditada por conta dos deslizamentos de encostas. Um grande volume de terra tomou conta das duas pistas em alguns pontos da estrada.

A Polícia Militar pede aos motoristas que prestem atenção na sinalização e que trafeguem em velocidade moderada para evitar acidentes.

O Governo de Minas Gerais criou um gabinete de crise para coordenar a assistência às vítimas e a população em geral que foi afetada pelos alagamentos e desabamentos de suas moradias.

Equipes da Defesa Civil já estão distribuindo para as pessoas atingidas kits de higiene e de limpeza, colchões e lonas.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Defesa Civil/MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo