Anvisa aprova o uso emergencial das vacinas Coronavac e AstraZeneca

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou por unanimidade na tarde deste domingo (17), a utilização emergencial das Vacinas Coronavac, fabricada pela empresa chinesa Sinovac Biotech, e da AstraZeneca, fabricada pela empresa britânica Oxford, em parceria com a Índia.

Foto: Divulgação

Os pedidos de uso emergencial foram feitos pelos Institutos Butantan (Coronavac) e Fiocruz (AstraZeneca), sendo que a meta é vacinar milhares de brasileiros.

A relatora da Anvisa, Meiruze Freitas, disse durante a reunião que durou cerca de 5 horas, que os pedidos se referem a 8 milhões de doses que estão sendo importadas.

Os demais diretores da Anvisa acompanharam o voto da relatora. Meiruze Freitas salientou que a condição imposta ao Instituto Butantan para a aprovação, é a de que o diretor da entidade assine um Termo de Compromisso, o qual deverá obrigatoriamente ser publicado em edição extra do Diário Oficial da União (DOU). O mesmo deve sair ainda hoje.

O Termo de Compromisso prevê o envio por parte do Instituto Butantan, dos resultados sobre a imunogenicidade da Coronavac. O mesmo deve ser entregue até o dia 28 de fevereiro.

A imunogenicidade é a capacidade que uma vacina tem de estimular o sistema imunológico a produzir anticorpos.

Com informações das Agências Brasil e Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo