Banhistas são arrastados por cabeça d’água em Minas Gerais e 3 morrem

A Polícia Militar de Minas Gerais divulgou na tarde deste sábado (02), a informação de que policiais da corporação, juntamente com militares do Corpo de Bombeiros, foram acionados para atender a uma ocorrência de afogamento em uma região de cachoeira localizada entre os municípios de São José da Barra e Capitólio.

Foto: WhatsApp/Cortesia

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), o incidente aconteceu quando turistas se banhavam nas águas da cachoeira e foram arrastados por um fenômeno conhecido como cabeça d’água. Alguns caíram no Poço dos Cânions e não conseguiram voltar à tona.

Equipes de resgate, formadas por policiais militares e bombeiros foram mobilizados e enviados para o local. Ao todo, 13 turistas foram resgatados com vida e encaminhados a hospitais da região.

Três banhistas foram arrastados e caíram dentro do poço. Mergulhadores do Corpo de Bombeiros iniciaram as buscas, mas por estar anoitecendo, as buscas foram temporariamente encerradas.

Dois corpos foram encontrados e resgatados. O corpo da terceira vítima fatal ainda permanece dentro do poço do Cânions, e somente deve ser retirado do local na manhã deste domingo (03), devido à falta de luz no local.

A Cabeça D’Água é um fenômeno da natureza e se refere a um aumento rápido e repentino do nível das águas de um rio, lago ou cachoeira, principalmente em decorrência de fortes chuvas.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo