Polícia apreende cerca de 8 mil pés de maconha em terra indígena no Oeste do Maranhão

Policiais militares e fiscais da Fundação Nacional dos Índios (Funai) apreenderam na tarde desta quinta-feira (10) cerca de oito mil pés de maconha que estavam plantados na terra indígena de Caru, próximo ao município de Buriticupu, no Oeste do Maranhão. Ninguém foi preso.

Foto: Polícia Militar/MA – Divulgação

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM) do Maranhão, a operação policial contou com a colaboração das lideranças indígenas, que indicaram a região aonde a droga estava plantada.

A maconha foi plantada por traficantes que acreditavam na impunidade por ser terra indígena, cujo acesso é bastante difícil. A Polícia Militar e a Funai utilizaram um drone para encontrar a plantação de maconha, que foi totalmente destruída. Os pés do entorpecente foram arrancados e queimados.

Os policiais militares e os agentes da Funais também encontraram e apreenderam 200 kg de maconha prensada e 60 kg de semente da droga. As imagens feitas pelo drone também visualizaram três hectares já desmatados.

Foto: Polícia Militar/MA – Divulgação

Os responsáveis pela plantação dos pés de maconha, ao perceberem a movimentação na região, entraram em vários veículos e fugiram em alta velocidade. Houve perseguição, mas eles conseguiram escapar.

A Terra Indígena de Caru pertence aos índios das etnias Awa Guajá e Guajajara. O local é alvo constante de invasões por parte de traficantes. A mata densa e fechada ajuda a esconder as plantações de maconha.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/MA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo