TJ-ES reafirma: Diogo Mainardi mentiu na Veja

Foto: Divulgação

Onze anos depois da divulgação das falsas notícias o Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJ-ES) confirmou o que muitos sabiam na época (2009): Diogo Mainardi mentiu na sua coluna da revista Veja ao acusar Victor de Souza Martins, então diretor da Agência Nacional de Petróleo (ANP) de envolvimento em esquemas de corrupção.

Na realidade, Mainardi, como a chamada grande imprensa à época, desejava atingir o governo de Luiz Inácio Lula da Silva. Acusou Victor para atingir seu irmão, Franklin Martins, ministro da Comunicação Social de Lula. Ao refazer a sentença de primeiro grau, a 1ª Câmara Cível do TJ-ES afirmou a responsabilidade do jornalista.

Agora, ele e Editora Abril terão que pagar R$ 70 mil a Victor, sua mulher e a consultoria que os dois possuem.

Leia detalhes do caso em: https://marceloauler.com.br/tj-es-reafirma-diogo-mainardi-mentiu-na-veja/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo