16 dias pelo fim da violência contra mulheres no MS

Durante visita a Mato Grosso do Sul, a secretária nacional de políticas para as mulheres, Cristiane Britto, participará de ações voltadas a mulheres em situação de vulnerabilidade social no estado. O compromisso marcado para terça-feira (1º) inclui a distribuição de mais de 1,7 mil cestas de alimentos nos municípios de Dourados e Campo Grande.

As visitas e reuniões, que vão seguir os protocolos de saúde e distanciamento social, ocorrem em celebração aos 16 dias pelo fim da violência contra a mulher.

Às 8h20, a titular da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SNPM) vai à aldeia Jaguapiru, perto do município de Dourados, onde participará de cerimônia religiosa e conversa com lideranças locais. Depois, ela cumprir agenda com representantes do sistema de justiça e de segurança pública na sede do Ministério Público de Dourados.

Em Campo Grande, a Cristiane Britto vai participar de reunião na Casa da Mulher Brasileira (CMB) da capital mato-grossense, a primeira das seis unidades de atendimento integral a mulheres em situação de violência em todo o país. A coordenadora da Casa, Thai Loschi, a equipe que trabalha no local e mulheres atendidas pelo Projeto Nova estará presente.

Neste ano, a SNPM destinou R$ 1,6 milhão para garantir o funcionamento dos serviços da Casa da Mulher Brasileira em Campo Grande. Inaugurada em 2015, a unidade é considerada referência no trabalho de acolhimento de mulheres no ciclo da violência.

Campanha

A agenda faz parte das iniciativas da SNPM para os 16 Dias pelo Fim da Violência Contra a Mulher, um movimento proposto pela Organização das Nações Unidas (ONU). A ação realizada nesse período ocorre todos os anos, em mais de 150 países, com atividades de conscientização e mobilização.

No Brasil, os eventos são promovidos durante 21 dias. A programação começa de forma antecipada em 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra, e vai até 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo