Osasco São Cristóvão Saúde vence a quarta seguida e segue invicto na Superliga

Equipe comandada pelo técnico Luizomar derrotou o São José dos Pinhais/AIEL por 3 sets a 0 e subiu para a segunda posição do campeonato nacional

São Paulo (SP) – Osasco São Cristóvão Saúde conquistou a quarta vitória consecutiva e segue invicto na Superliga Banco do Brasil 2020/21. Na tarde desta nesta sexta-feira (20), no ginásio Ney Braga, no Paraná, venceu o São José dos Pinhais/AIEL por 3 sets a 0, parciais de 25/21, 25/15 e 25/22, em 1h27min. Com o resultado, deve terminar o dia na segunda colocação da competição nacional. Na próxima rodada, a equipe comandada pelo técnico Luizomar recebe o Sesi Bauru, terça-feira (24), em uma reedição da final do Campeonato Paulista, quando a equipe osasquense conquistou o título.

Bia salva bola com o pé (Guilherme Becker @guibecker7)

Com 20 acertos, Jaque foi a maior pontuadora no Paraná. O bom desempenho ofensivo, além da tradicional segurança no trabalho no fundo de quadra, rendeu à ponteira dois prêmios individuais: o troféu VivaVôlei e a eleição de MVP da partida em eleição nas redes sociais do Osasco São Cristóvão Saúde. “Fico muito feliz em ajudar meu time. Venho de quase um mês e meio sem treinar direito em função de lesão e estou voltando aos poucos. Mas o importante é o time, uma ajudando a outra, porque temos muito a crescer. A Superliga é um campeonato duro e não tem equipe boba no vôlei. Veja o jogo de hoje. No terceiro set, quase a coisa desanda. Agora é manter o foco porque só teremos pedreira pela frente”, disse a atleta.

Gabi Cândido, que substituiu Tainara – que está em recuperação após problemas renais –, também foi eficiente no ataque. A ponteira terminou a partida como a segunda maior pontuadora de Osasco, com 11 acertos. “Conseguimos uma vitória importante, somando mais três pontos, e vencemos como um time. Sempre nos ajudando. Esse grupo é assim. Muita união, foco e concentração em busca dos nossos objetivos. Conquistamos o Campeonato Paulista e queremos a Superliga”, completa.

Bloqueio de Mayany e Gabi (Guilherme Becker @guibecker7)

O jogo – O início de jogo de Osasco foi na base da pressão. Com três pontos seguidos de Jaque, fez 8/5 e logo abriu cinco pontos de vantagem. Porém, as donas da casa reagiram, empataram no 13/13 e viraram. Sem perder o foco e com Roberta acionando Mayany pelo meio e a dupla Jaque Gabi Cândido pelas pontas, a equipe osasquense retomou a frente do placar no 19/18, com Gabi. Bia engatou uma sequência de quatro saques e, com um ace, fez 22/18. Gabi atacou para garantir o set point (24/20) e Jaque fechou em 25/21.

O segundo set foi mais tranquilo para a equipe do técnico Luizomar. O saque entrou com maior eficiência, provocando erros do adversário, que cedeu 9 pontos em falhas. Com um ace, Mayany fez 7/2. Osasco manteve uma vantagem média de sete pontos na parcial. Quando Jaque desceu o braço na pipe, o placar foi para 20/14. Karine, que entrou no lugar de Tandara, armou o bloqueio e parou o ataque adversário para marcar o set point (24/14). A vitória, com dez pontos de vantagem, veio com um erro de São José dos Pinhais, por 25/15.

O terceiro set repetiu a tônica da parcial inicial, com São José dos Pinhais dando trabalho. Depois de Gabi fazer 6/3 na pipe, as donas da casa empataram no 8/8, conseguindo a virada no 10/8. A partir daí, as osasquense partiram na perseguição para voltar a mandar no placar. E conseguiu com Tandara, que depois de dois primeiros sets com fraca produção ofensiva, fez quatro pontos seguidos para garantir o empate no 20/20. E, na reta final, prevaleceu a força do time de Luizomar. Após grande defesa de Camila Brait, Jaque atacou para fazer 22/10. E com mais dois pontos anotados pela ponteira, Osasco fechou o set em 25/22 e a partida em 3 a 0.

Jaque se prepara para sacar (Guilherme Becker @guibecker7)

Jogaram e marcaram para o Osasco São Cristóvão Saúde: Roberta (2), Tandara (6), Jaque (20), Gabi Cândido (11), Mayany (7), Bia (4) e a líbero Camila Brait. Técnico: Luizomar. Entraram: Kika, Karine (1).

Jogaram e marcaram para o São José dos Pinhais/AIEL: Thayna, Talia Costa (8), Carla (18), Dani Suco (4), Bia (7), Larissa (4) e a líbero Rayani. Técnico: Durval Nunes.

Osasco 2020/21 – Em quadra, Luizomar conta com a potência ofensiva de Tandara e Tainara; a eficiência nos bloqueios das centrais Bia e Mayany, a regularidade no fundo de quadra de Jaque e Camila Brait e a habilidade de Roberta na armação das jogadas. Completam o grupo do Osasco São Cristóvão Saúde as ponteiras Gabi Cândido, Sonaly e Ana Medina; a centrais Camila Paracatu e Karyna Malachias; as levantadoras Naiane e Amanda, a líbero Kika e a oposta Karine Schossler.

Vibração em quadra no Paraná (Guilherme Becker @guibecker7)

SUPERLIGA 2020/21

PRIMEIRO TURNO

9/11 – Curitiba Vôlei 1 X 3 OSASCO SÃO CRISTOVÃO SAÚDE – Curitiba/PR

13/11 – OSASCO SÃO CRISTOVÃO SAÚDE 3 X 0 Fluminense – Osasco/SP

17/11 – São Paulo/Barueri 0 X 3 OSASCO SÃO CRISTOVÃO SAÚDE – Barueri/SP

20/11 – São José dos Pinhais/AIEL 0 X 3 OSASCO SÃO CRISTOVÃO SAÚDE – São José dos Pinhais/PR

24/11 – 19h – OSASCO SÃO CRISTOVÃO SAÚDE X Sesi Bauru – Osasco/SP (Sportv)

27/11 – 21h30 – Itambé Minas X OSASCO SÃO CRISTOVÃO SAÚDE – Belo Horizonte/MG (Sportv)

01/12 – 21h30 – OSASCO SÃO CRISTOVÃO SAÚDE X Sesc RJ Flamengo – Osasco/SP (Sportv)

04/12 – 21h30 – Dentil Praia Clube X OSASCO SÃO CRISTOVÃO SAÚDE – Uberlândia/MG (Sportv)

12/12 – 21h30 – OSASCO SÃO CRISTOVÃO SAÚDE X Brasília Vôlei – Osasco/SP (Sportv)

19/12 – 19h – São Caetano X OSASCO SÃO CRISTOVÃO SAÚDE – São Caetano do Sul/SP (Sportv)

23/12 – 19h – OSASCO SÃO CRISTOVÃO SAÚDE X Pinheiros – Osasco/SP (Sportv)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo