Acusados por Bolsonaro, caboclos e indígenas têm territórios devastados por incêndios no Pantanal

Foto: Repórter Brasil/Divulgação

Caboclos e indígenas são apontados pelo presidente Jair Bolsonaro como responsáveis pelas queimadas que devastam a Amazônia e o Pantanal. A realidade nas aldeias, porém, é de casas queimadas, roças perdidas, rios completamente secos e dificuldade de extrair mel por causa da fumaça. “Ninguém dá conta de viver assim”, conta Lucas Souza, morador do assentamento Taquaral, em Corumbá. A reportagem esteve na cidade na fronteira com a Bolívia e, quando circulou pela região, não viu nem sinal de azul no céu.

Leia a reportagem completa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo