Evento-teste no Guanandizão simula entrada de público e aplicação de protocolos de biossegurança para a Supercopa de Vôlei

Campo Grande (MS) – A Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), em parceria com a Fundação Municipal de Esportes de Campo Grande (Funesp), organizou evento-teste nesta quarta-feira (28.10) no Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis, o Guanandizão, na Capital. Na ocasião, foi simulada a entrada controlada de público e a aplicação de todos os protocolos de biossegurança, por conta da Covid-19, para a Supercopa de Vôlei, que terá jogos nos dias 30 de outubro e 6 de novembro.

Fotos: Lucas Castro/Fundesporte

As partidas da competição nacional acontecerão com a presença de 600 pessoas convidadas, o que corresponde a 10% da capacidade de público no ginásio (hoje, capaz de receber até 6.074 torcedores). Os convites foram distribuídos a autoridades, gestores esportivos e ex-atletas que fizeram parte da história do Guanandizão. Não haverá venda de ingressos.

O evento-teste de conduta do público, em conformidade às medidas sanitárias, foi feito com aproximadamente 100 servidores do Governo do Estado e Prefeitura de Campo Grande. “Neste teste de hoje (28.10), colocamos em prática todas as condutas da entrada, acomodação e saída do público, organização de filas, aferição de temperatura, além das ações dentro do ginásio, nos assentos, respeitando principalmente o distanciamento social”, explica o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda. Nas arquibancadas, haverá sinalização com fita adesiva, com cinco metros de espaçamento entre elas, fixada no local destinado ao assento.

Fotos: Lucas Castro/Fundesporte

Em vários setores do ginásio foram instalados dispensers com álcool em gel, para higienização das mãos. Em cada entrada haverá uma equipe responsável pela aferição da temperatura corporal e na fila de acesso ao ginásio deverá ser respeitado o distanciamento social de dois metros entre as pessoas, com demarcações estratégicas no chão. Além disso, os espectadores deverão, obrigatoriamente, usar máscara.

Os bebedouros do complexo estarão vedados e só será permitida a hidratação com garrafas de água de uso individual. Também será proibido o consumo de alimentos no interior do ginásio. “No decorrer das partidas, uma equipe de colaboradores fará a limpeza periódica de maçanetas nas portas, corrimão das arquibancadas e cadeiras, sem contar a higienização constante dos banheiros”, salienta o coordenador de organização da Fundesporte, Rodrigo Barbosa de Miranda.

Além da simulação de recebimento do público, todos os membros da organização e colaboradores, que terão contato direto com atletas e comissão técnica das equipes, foram submetidos ao teste para Covid-19. Ninguém testou positivo e os resultados foram encaminhados à Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

Fotos: Lucas Castro/Fundesporte

A Supercopa

O primeiro campeão nacional da temporada 2020/21 será conhecido em 30 de outubro, juntamente à reinauguração do Guanandizão, totalmente reformado pelo Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura da Capital. No masculino, EMS Taubaté Funvic (SP) e Sada Cruzeiro Vôlei (MG) duelam às 20h30 (horário de MS). As equipes chegam a Campo Grande no mesmo voo, na manhã desta quinta-feira (29.10). No mesmo dia, à noite, realizarão o primeiro treino, de reconhecimento do ginásio. O último treinamento será feito na manhã de sexta-feira (30.10).

Já a disputa feminina será entre Dentil/Praia Clube (MG) e Sesc Flamengo (RJ), no dia 6 de outubro, no mesmo horário. Os dois confrontos terão cobertura televisiva do SporTV 2, canal por assinatura pertencente ao Grupo Globo.

A Supercopa é realizada anualmente e reúne quatro das principais equipes do Brasil, colocando frente a frente os atuais vencedores da Copa Brasil e da Superliga Banco do Brasil. A disputa pelo título, em ambos os gêneros, ocorre em jogo único.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo